Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down Euro down
Search

Vasco vai acionar STJD e tentará anular partida contra o Internacional

Primeiro gol da equipe gaúcha gerou polêmica que envolveu o VAR

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 15 de fevereiro de 2021 - 11:20
Em jogo conturbado, o Inter venceu o Vasco por 2 a 0
Em jogo conturbado, o Inter venceu o Vasco por 2 a 0 -

A partida deste domingo (14), em São Januário, entre Vasco e Internacional acabou dentro de campo, mas deve ter ainda outros capítulos na área jurídica. A equipe carioca procura acionar o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e tentará anular o confronto. O Inter venceu por 2 a 0.

O motivo foi o primeiro gol do clube gaúcho marcado pelo volante Rodrigo Dourado em que houve uma pane no VAR. Após de Dourado ter aberto o placar do jogo, a equipe que comanda a tecnologia encontrou um problema no programa que traça as linhas no vídeo e com isso, não havia como saber se houve impedimento no lance. Assim, a decisão de campo do árbitro Flávio Rodrigues de Souza prevaleceu, sem a ajuda da cabine.

O regulamento da CBF afirma que, em caso de problemas com o VAR durante uma partida, cabe à arbitragem a escolha sobre a validade ou não do lance em questão. A arbitragem do confronto optou por manter a decisão de validar o gol do Inter.

Com a derrota, o Vasco segue no Z-4 faltando duas partidas para o fim do Campeonato Brasileiro. A equipe ainda vai enfrentar o Corinthians, em São Paulo, e o Goiás, no Rio.

Veja abaixo a nota oficial do Vasco:

"O Club de Regatas Vasco da Gama entrará com um pedido de anulação da partida contra o Internacional, neste domingo (14), em São Januário, válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol. Em ofício, assinado pelo presidente Jorge Salgado imediatamente após o término do confronto, e anexado à súmula do jogo, o Vasco afirma que o “VAR disfuncional não anula gol do Internacional em flagrante impedimento”.

“O que presenciamos hoje em São Januário foi mais uma repetição do ultraje que tem sido a atuação da arbitragem da CBF em nossas partidas. Pediram para retirarem uma câmera da Vasco TV, ‘descalibraram’ a linha e ironizaram nosso treinador dizendo que avaliariam as imagens ‘de casa’. Já são 18 apitos contra o Vasco, em uma disparidade desrespeitosa em relação a qualquer outro time da competição. Estou acionando a CBF por telefone hoje para uma reunião esclarecedora. Vamos requerer na justiça desportiva a anulação desse jogo”, declara Jorge Salgado.

O jurídico do Vasco já está reunindo todas as informações pertinentes para acionar o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e buscar os direitos do Clube."

Matérias Relacionadas