Presidente do COI garante que Jogos Olimpícos ocorrerão em julho

Thomas Bach afirmou que comitê não trabalha com outra hipótese

Escrito por Redação 22/01/2021 08:21, atualizado em 22/01/2021 10:16
Os Jogos Olímpicos convivem com a incerteza em meio à pandemia da Covid-19
Os Jogos Olímpicos convivem com a incerteza em meio à pandemia da Covid-19 . Foto: AFP

Devido à pandemia do novo coronavírus, os Jogos Olímpicos de Tóquio que aconteceriam em 2020, foram adiados para 2021. No entanto, ainda não há certeza de que os Jogos realmente ocorrerão neste ano, já que o impacto que vírus traz ao mundo continua muito forte. O evento está previsto para que aconteça entre 23 de julho e 8 de agosto.

Durante esta semana, foi divulgado que a vacina não será um pré-requisito para a realização dos Jogos Olímpicos.

Em entrevista ao jornal japonês Kyodo News, o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, afirmou que "não há um plano B" e que está convicto de que as Olimpíadas ocorrerão em 2021.

"Não temos, neste momento, nenhuma razão para acreditar que os Jogos Olímpicos de Tóquio não começarão no dia 23 de julho no estádio Olímpico de Tóquio. Isto é porque não há um plano B e porque estamos totalmente comprometidos em fazer estes Jogos seguros e bem-sucedidos", afirmou Bach

Grande parte da população japonesa se mostra contrária a realização dos Jogos após o aumento do número de casos da covid-19. A quarentena e as restrições no país tiveram de ser fortalecidas.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas