Incrível (2)

Enviado Direto da Redação

Eu juro que a cada dia que passa, eu tenho mais certeza de que o único objetivo da Federação do Rio é fazer com que tanto clubes quanto torcedores acabem com ela própria. Porque se não bastasse a criação de um regulamento bizarro para o torneio de 2017, eles ainda se esforçam para escalar os piores árbitros possíveis em TODAS as partidas do campeonato. Quer dizer, eu entendo ter juízes com níveis diferentes de experiência e tudo o mais, mas não foi essa Ferj, a única a dizer que a Taça Rio era importante? Então por que ‘baralhos’ escalar o pior trio de arbitragem do mundo na semifinal?

O impedimento de Dudu Cearense aconteceu porque a zaga do Fluminense executou uma linha de impedimento perfeita, deixando não um, nem dois, mas 5 (cinco) jogadores do Botafogo em posição irregular. O time mostrou que Abel Braga treina bastante essa jogada, para colocar o ataque adversário em maus lençóis. Bizarro foi o bandeira validar, e o juizeco aceitar isso, assim como aquelezinho que fica atrás do gol, que aparentemente só serve pra marcar alguma coisa quando é pênalti em que a bola bateu na barriga do jogador de defesa.

Dudu Cearense é um bom cabeceador, já tendo feito gol de cabeça pelo Botafogo, inclusive. Mas eu aposto com qualquer um, que esteja lendo essa coluna, que ele nunca fez um gol tão irregular na vida dele. Aliás, são poucos os casos na HISTÓRIA do futebol onde um gol tão escandalosamente ilegal foi marcado. Foi tipo aqueles gols onde a bola entra por um buraco do lado de fora da rede, ou sei lá. O volante do Botafogo devia estar a uns 5 metros da linha de jogadores do Fluminense.

A única sorte da federação, é que como eles criaram um regulamento onde a Taça Rio não vale absolutamente nada, o Fluminense nem reclamou muito. Aliás, a vitória, por incrível que pareça, prejudicou o Botafogo, uma vez que agora, o time vai ter que ir pra Colômbia enfrentar o Atlético Nacional, voltar para o Rio para jogar outra partida que não vale nada, e então ir para o Equador enfrentar o Barcelona de Guayaquil, num dos piores pesadelos que um organizador de logística já deve ter passado. Após a partida, o técnico Abel, com todo o sarcasmo do mundo, deu parabéns ao árbitro, os próprios jogadores do Glorioso disseram que estavam sim impedidos, e mais uma vez a organização do campeonato passou por uma vergonha incrível.

E eles ainda têm coragem de cobrar dez por cento da renda bruta do jogo. Como diz um amigo meu, 7x1 foi pouco.

Veja também