Fundador da Pestalozzi em São Gonçalo lança livro sobre autismo; veja destaques do Entre Letras

E mais: Bárbara - um livro sobre acumuladores

Escrito por Redação 14/12/2017 13:01, atualizado em 14/12/2017 12:48
Escritor e fundador da Sociedade Pestalozzi, em São Gonçalo, Mário Leiland, de 62 anos, lança seu livro “O menino e as bolas de gude”, hoje, às 20h, na Câmara Municipal de Niterói. O livro infanto-juvenil traz sua própria história, quando ainda pequeno tinha dificuldades de interagir com outras crianças e acabou construindo uma grande amizade com bolinhas de gude. Parte da renda arrecadada com a venda dos livros será destinada ao tratamento de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).
Escritor e fundador da Sociedade Pestalozzi, em São Gonçalo, Mário Leiland, de 62 anos, lança seu livro “O menino e as bolas de gude”, hoje, às 20h, na Câmara Municipal de Niterói. O livro infanto-juvenil traz sua própria história, quando ainda pequeno tinha dificuldades de interagir com outras crianças e acabou construindo uma grande amizade com bolinhas de gude. Parte da renda arrecadada com a venda dos livros será destinada ao tratamento de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). . Foto: Divulgação


Escritor e fundador da Sociedade Pestalozzi, em São Gonçalo, Mário Leiland, de 62 anos, lança seu livro “O menino e as bolas de gude”, hoje, às 20h, na Câmara Municipal de Niterói. O livro infanto-juvenil traz sua própria história, quando ainda pequeno tinha dificuldades de interagir com outras crianças e acabou construindo uma grande amizade com bolinhas de gude. Parte da renda arrecadada com a venda dos livros será destinada ao tratamento de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).
Escritor e fundador da Sociedade Pestalozzi, em São Gonçalo, Mário Leiland, de 62 anos, lança seu livro “O menino e as bolas de gude”, hoje, às 20h, na Câmara Municipal de Niterói. O livro infanto-juvenil traz sua própria história, quando ainda pequeno tinha dificuldades de interagir com outras crianças e acabou construindo uma grande amizade com bolinhas de gude. Parte da renda arrecadada com a venda dos livros será destinada ao tratamento de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).. Foto por Divulgação
Bárbara é uma mulher que vive para acumular. Quanto mais impossível a posse de um objeto parece ser, mais ela o deseja. E todos os esforços para realizar seus caprichos dependem de um único homem: seu marido. Em “Bárbara”, o autor Murilo Rubião explora, em uma história fantástica e absurda, tudo o que acontece nas relações tão desiguais. A publicação é da Editora Positivo.
Bárbara é uma mulher que vive para acumular. Quanto mais impossível a posse de um objeto parece ser, mais ela o deseja. E todos os esforços para realizar seus caprichos dependem de um único homem: seu marido. Em “Bárbara”, o autor Murilo Rubião explora, em uma história fantástica e absurda, tudo o que acontece nas relações tão desiguais. A publicação é da Editora Positivo.. Foto por Divulgação

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas