Filha mais velha de Latino processa o cantor e cobra R$ 400 mil de pensão

Dinheiro do cantor foi bloqueado pela Justiça

Enviado Direto da Redação
Filha de 24 anos pede que o pai pague o retroativo desde 2018

Filha de 24 anos pede que o pai pague o retroativo desde 2018

Foto: Reprodução/Redes Sociais

A filha mais velha do cantor latino, Dayanna Maia, de 24 anos, acionou a Justiça pedindo que o pai pague o retroativo da pensão alimentícia desde 2018. O valor chega a R$ 400 mil. Por conta do processo, a conta bancária de Latino foi bloqueada.

"Quando Dayanna fez 18 anos, eu conversei com ela que ia parar de pagar a pensão porque eu tinha outros filhos menores que precisavam mais. Falei que não ia deixar de ajudar quando ela precisasse, mas que não queria a obrigatoriedade de pagar", contou Latino à colunista Fábia Oliveira de O Dia.

Segundo o cantor, o problema é que, quando ele se separou de Izabel, mãe de sua primogênita, ele assinou um acordo em que consta que ele pagaria três salários mínimos para Dayanna até que ela completasse 24 anos. Como a renda de Latino é oriunda quase totalmente de shows, o cantor está tendo dificuldades para quitar as dívidas por causa da pandemia de covid-19.

O cantor descobriu o processo da filha contra ele quando viu que seus direitos autorais foram bloqueados e teve seu dinheiro retido pela Justiça. Ao acionar um advogado, achando que era um processo trabalhista, percebeu que estava sendo processado pela sua filha mais velha. 

"Durante a pandemia, eu tentei um acordo. Disse que poderia voltar a pagar a partir de janeiro de 2021. Eu não estou trabalhando e o rendimento caiu muito. Eu dependo da aglomeração para ganhar dinheiro", reforçou à coluna.

Veja também