Historiador gonçalense lançará livro sobre Gonçalo Gonçalves e nascimento de SG

O livro também é uma das formas de comemorar os 440 anos da Igreja Matriz

Escrito por Redação 04/09/2020 07:01, atualizado em 04/09/2020 08:00
O autor do livro é o professor Rui Aniceto Fernandes
O autor do livro é o professor Rui Aniceto Fernandes . Foto: Arquivo pessoal

Por Ana Carolina Moraes*

A Igreja Matriz de São Gonçalo comemorou seus 440 anos no último ano e, para celebrar, foram realizadas diversas atividades comemorativas na paróquia. Com toda a mobilização da comunidade de São Gonçalo nessa comemoração, o historiador e professor Rui Aniceto Fernandes resolveu encerrar as festas de 440 anos da Igreja neste ano de 2020 com o lançamento de um livro sobre Gonçalo Gonçalves, o colonizador do município. O livro, chamado "Um ilustre desconhecido", conta toda a história do fundador português de São Gonçalo, bem como suas conquistas, sua história com a região e, até mesmo, fala de seus descendentes. 

"Um Ilustre Desconhecido" relata como Gonçalves ganhou as sesmarias (que são as terras do Centro de São Gonçalo) por causa de suas conquistas ainda na época da monarquia. O livro mostra também como era a relação com a elite portuguesa, fala sobre como ele desenvolveu a capela que hoje seria a Igreja Matriz e como  conseguiu desenvolver São Gonçalo. 

O livro se chama 'Um ilustre desconhecido' e ainda não foi oficialmente lançado
O livro se chama 'Um ilustre desconhecido' e ainda não foi oficialmente lançado | Foto: Arquivo pessoal
 

"Registrei como ele chega aqui, como ele passa a ser considerado o fundador de São Gonçalo, como ele é apreendido na historiografia e os sentidos atribuídos a ele até hoje. Traço também um perfil biográfico como Gonçalves como um homem de seu tempo, que lutou contra os franceses e que é articulado com o poder público, com as ordens religiosas e com a elite. Rastreei, também no livro, a família dele e seus descendentes gonçalenses até o século XVIII, pelo menos, dentre outras curiosidades da vida do colonizador português", explicou Rui, que tem 40 anos e atua na Faculdade de Formação de Professores (FFP/ UERJ)  há 10 anos. 

O livro seria lançado em abril deste ano, no entanto, por causa da pandemia, o lançamento foi cancelado e Rui pensa em uma nova data para o novo lançamento. Vale lembrar que o livro foi todo feito por Rui, mas conta com o apoio da Igreja Matriz de São Gonçalo, por se tratar de uma parte da celebração do aniversário da paróquia.

"Eu espero que ele possa integrar o conjunto de pesquisas da história da cidade e que o conhecimento sobre esse fundador da cidade possa suscitar reflexões sobre os processos de colonização e de fixação na cidade. É crie um debate sobre a história da cidade", contou Rui que afirmou que a pesquisa foi feita com base em acervos públicos, digitais, portugueses e brasileiros e que durou, ao todo, um ano. 

História de Gonçalves 

Segundo o professor Rui, as terras do centro de São Gonçalo foram doadas a Gonçalo Gonçalves, o colonizador do município, como as sesmarias por causa dos serviços prestados por ele para a Coroa portuguesa ainda no período colonial. Gonçalo deveria tornar a terra explorável. Em 1579, ele, que era ligado à Igreja Católica, fez uma pequena capela privada no local onde hoje é a Igreja Matriz, pois era parte de sua fazenda. 

No entanto, a população gonçalense começou a crescer e novas fazendas se instalaram na região. As missas e celebrações religiosas continuavam ocorrendo na Candelária no Rio. Até que, em 1644, São Gonçalo é elevada a título de freguesia e, com isso, a pequena capela se torna a Igreja Matriz da região, deixando de ser particular para se tornar pública. 

Não se sabe ao certo quando Gonçalves faleceu, mas sabe-se que seu testamento data do ano de 1620 e essa é a data que é estimada na história, segundo Rui, para a morte do colonizador. 

*Estagiária sob supervisão de Marcela Freitas 


O autor do livro é o professor Rui Aniceto Fernandes
O autor do livro é o professor Rui Aniceto Fernandes. Foto por Arquivo pessoal
O livro se chama 'Um ilustre desconhecido' e ainda não foi oficialmente lançado
O livro se chama 'Um ilustre desconhecido' e ainda não foi oficialmente lançado . Foto por Arquivo pessoal

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas