Felipe Araújo comenta acusação polêmica de pensão do filho: "fiquei triste"

Sertanejo é acusado de pedir desconto

Enviado Direto da Redação

O sertanejo Felipe Araújo tem visto seu nome envolvido com polêmicas recentemente. Isso porque sua ex-mulher, Caroline Marchezi, tem afirmado que o cantor é um "pai ausente", que não deu apoio para ela durante sua gravidez e que teria pedido para pagar um valor de pensão menor para o filho do casal na Justiça. Felipe e Caroline são pais de Miguel, de 1 ano. Sobre a situação, o sertanejo também foi acusado pela ex-mulher de agressão e se pronunciou, na noite de ontem (16), sobre o tema.


A situação começou na última semana, quando Caroline começou a dizer que não se calaria mais diante da situação com Felipe. "Não é nem um pouco confortável, mas é preciso. Tinha medo de expor algumas coisas, mas não tenho mais. Estou muito orgulhosa pela união feminina. Não podia me calar mais, acontece que a outra parte vem negando insistentemente tudo o que foi dito. Estão querendo me desmoralizar, me chamar de mentirosa, e eu não vou permitir que isso aconteça", afirmou ela em seu Instagram.


Logo depois do primeiro pronunciamento, Caroline falou o seguinte: "E olha que b****: vou ter que vir aqui de novo, me expor de novo para provar cada coisa que eu falei até agora. Por que, infelizmente, para algumas pessoas, não vale só a palavra da mulher. A gente tem que provar. Então, vou fazer isso". Logo após isso, Caroline postou diversos prints com conversas com Felipe para embasar o que ela estava dizendo sobre o pedido do sertanejo de pagar uma pensão menor ao seu filho. Dentre os prints em questão, a moça divulgou também um boletim de ocorrência que teria aberto contra Felipe por uma suposta agressão. Caroline já teria falado outras vezes sobre coisas e situações negativas em seu relacionamento com o cantor.


Nesse momento, Felipe precisou se defender e também recorreu ao seu Instagram para falar sobre o caso. "É um assunto muito desconfortável, do qual eu não gostaria de estar falando. Tenho muita responsabilidade e preocupação da exposição que está sendo feita com a vida do meu filho, do direito livre dele de livre arbítrio", disse Felipe Araújo em seu Instagram.


Ele logo continuou dizendo que nunca pediu a redução do valor da pensão de seu filho e, inclusive disse, que paga até mais do que o combinado na Justiça.


"Mas precisava vir a público me defender, sendo que diversas acusações e ataques estão sendo feitos a mim, com informações que são inverídicas. Gostaria de deixar bem claro que jamais, nunca, eu pedi a redução do valor de pensão alimentícia que foi estabelecido pelo juiz, pela justiça. Sempre paguei a pensão, pago até mais, nunca recorri da decisão. Nunca pedi revisão do valor que foi estabelecido. Inclusive, me propus, a pagar além da pensão, todas as despesas do Miguel com relação a saúde e educação", garantiu o sertanejo.


Felipe explicou que não tem gostado dos ataques que vem sofrendo nas redes sociais por causa do caso. "Isso não diz respeito a ninguém, só a meu filho. Pessoas estão me atacando achando que pago dois salários mínimos de pensão. Isso é até uma piada. Fiquei todos esses dias triste, ouvindo acusações que tenho recebido. Não condiz com a verdade. É muito, mas muito, muito acima disso", afirmou o cantor.


O cantor logo esclareceu a situação do pedido de aumento de pensão e disse que contestou o valor que Caroline teria pedido inicialmente e não o valor estabelecido pela Justiça.


"Estão querendo dizer que eu estava contestando o valor absurdo, que eu considero, que uma criança conseguiria gastar sozinha, que foi pedido pela mãe do Miguel. Eu estava contestando esse valor que foi pedido e nunca o valor que foi determinado pela justiça. Jamais! Nunca recorri, sempre acatei tudo que a justiça determinou." Segundo o colunista Léo Dias, o valor da pensão pedido por Caroline era de R$ 11 mil por mês.


Ele também comentou não ter conhecimento do boletim de ocorrência que Caroline mostra.


"Quanto ao boletim de ocorrência, eu não tomo conhecimento. Até porque nunca fui chamado pela justiça ou pela polícia para falar sobre ele. Eu e a mãe do Miguel a gente já discutiu algumas vezes, mas em nenhum momento entrei na justiça pedindo a guarda do Miguel. Isso é muito fácil de provar", concluiu o cantor.


Confira o vídeo completo de Felipe Araújo falando sobre o tema: https://www.instagram.com/tv/CBg0SzCgh-o/?utm_source=ig_embed

Veja também