Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar up 5,1592 Euro up 5,3238
Search

Sandrinho lança primeiro trabalho solo nas plataformas musicais nessa sexta-feira (Veja vídeo)

Artista gonçalense celebra marco na carreira e quer usar canções para estimular as pessoas a vencerem atual momento

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 08 de abril de 2020 - 20:47
Sandrinho chega ao primeiro trabalho solo e planeja muitos shows no futuro
Sandrinho chega ao primeiro trabalho solo e planeja muitos shows no futuro -

O caminho para o sucesso nem sempre é talhado por flores. E sabe disso muito bem quem conheceu e conseguiu superar os 'espinhos' e obstáculos naturais para conseguir chegar a ele. E é justamente com essa filosofia de vida que Sandrinho, cantor, compositor, instrumentista e produtor musical gonçalense, chega ao seu primeiro trabalho solo após anos 'batalhando' nos meios artísticos da região. o primeiro EP do artista será lançado nessa sexta-feira (10) nas plataformas das redes sociais, com a exibição do clipe da canção 'Não Quero Mais' de sua autoria, que também dá título ao trabalho.   

Mesmo em tempos muito difíceis, decorrentes da pandemia do coronavírus, Alessandro Lomar, de 37 anos, que é natural do Jardim Catarina, um dos mais tradicionais bairros de São Gonçalo, acha que é preciso proporcionar cultura à população. "A música é universal, toca o coração das pessoas e consegue superar as barreiras do isolamento social, já que cada um consegue ter acesso a ela através do simples uso de um aparelho celular. Sabemos dos tempos difíceis que as pessoas estão vivendo e por isso, achei que esse é o momento de tentar proporcionar a elas, momentos de alegria e entretenimento, através do meu trabalho. A música tem um poder insuperável, frisou ele, que se intitula como um artista da chamada linha romântica. 

A estratégia de lançamento do EP de Sandrinho foi minuciosamente preparada para ser um marco para esse importante passo na carreira do artista, que firmou forte parceria com o produtor musical Thiago Pires, instrumentistas, arranjador e com amplo currículo voltado para o gerenciamento e lançamento de novos artistas no mercado. O próprio Thiago, em parceria com Sandro, está sendo o responsável pelos arranjos das quatro músicas que vão compor o EP de Sandrinho. Além de Não Quero Mais, a ser lançada nessa sexta-feira, o trabalho do artista conta também com Apelo, Foi Você Que Escolheu O Fim e Eu Sinto Você Aqui Perto De Mim, sendo as três últimas também compostas por ele. 

O plano de lançamento do EP de Sandrinho começou no ano passado e todo trabalho foi feito do Estúdio CFM, no bairro gonçalense do Centro, onde Thiago faz todas as produções musicais  e elabora a estratégia de lançamento de cada artista, junto com a equipe de trabalho que compõe. Após lançamento do EP, Sandrinho vai começar a dar aprontos finais ao shows que pretende fazer para lançar o EP, com repertório que inclui outras canções compostas por ele, em companhia de uma bem ensaiada banda, quando a vida voltar ao normal para todos.  "Procuro fazer da música o meu alicerce para esses tempos difíceis, passando para as pessoas mensagens de amor e esperança de dias melhores", afirmou.              

A carreira - Morador do Jardim Catarina, Sandro precisou começar a trabalhar aos sete anos de idade com os irmãos, para ajudar a colocar comida em casa. E não teve uma infância nada fácil, mas, apesar das dificuldades, nunca desistiu dos seus sonhos. “Para você que está sonhando tudo o que eu sonhei, nunca perca a esperança de vencer na vida, a gente pode até sonhar, mas, é preciso acreditar, querer, buscar e tentar o melhor sempre”, esse é o trecho da música ‘Terminais da vida’, do grupo de pagode Exaltasamba, que segundo Alessandro, é a canção que o faz lembrar dos tempos em que vendia amendoim em Copacabana, atividade que fez até os 18 anos, para manter o sustento da família.

Sandro ainda precisa conciliar uma dupla jornada, conciliando o trabalho como auxiliar de produções durante a semana e, aos finais de semana, fazendo shows, além de freelances como produtor musical. Com um gosto bem eclético, fruto do trabalho de pesquisa em inúmeras canções gravadas por grandes nomes da MPB e do samba, Alessandro também procurou amadurecimento musical como instrumentistas: toca com desenvoltura violão, cavaquinho e contrabaixo. orgulhoso, mais humilde, diz que toca qualquer estilo. Por não se limitar apenas ao gênero samba, já teve, inclusive, algumas das quase 100 músicas músicas de sua autoria, gravadas por outros cantores. Boa sorte, Sandrinho!  

Matérias Relacionadas