Namorada niteroiense de José de Abreu fala sobre preconceito

Jovem tem 22 anos, 51 anos mais nova que o ator

Enviado Direto da Redação
Carol Junger diz estar se sentindo bem ao lado de Zé de Abreu

Carol Junger diz estar se sentindo bem ao lado de Zé de Abreu

Foto: Reprodução/ Instagram

A maquiadora niteroiense, Carol Junger, de 22 anos, falou durante uma entrevista para a revista "Quem" que costuma receber olhares de julgamento quando ela está ao lado do seu namorado, o ator José de Abreu, de 73 anos. Juntos desde abril do ano passado, Carol Junger revelou que os 51 anos de diferença não interferem em nada a relação deles.


"Sou um ser humano comum, como qualquer outro, tenho sentimentos, tem dias que não acordo bem e quando leio alguma me chateio. Mas aprendi a deixar para lá porque essas pessoas não me conhecem, não conhecem meu caráter e muitas vezes também não conhecem o Zé, acham que conhecem por vê-lo na televisão, mas na verdade não", disse ela que confessou usar uma tática para ficar bem: "Eu penso 'sou adulta, o Zé é adulto, fazemos o que queremos com as nossas vidas e ninguém tem o direito de se meter'.


Carol contou também que conheceu o ator experiente na Praia do Pepê, e que em pouco tempo eles ficaram íntimos a ponto dela ir logo morar na casa dele, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Ela diz que José de Abreu é bem jovem de espírito e que ela é muito centrada, por isso não há conflitos de gerações. 


O preconceito com o casal foi muito maior no Brasil e por isso eles optaram por passearem em outros lugares do mundo, como a Nova Zelândia. A niteroiense revelou que lá eles se sentem muito melhor. "Aqui é muito mais livre", disse ela.

Veja também