Filme premiado no Cine Tamoio ganha festival em Los Angeles

Rosas ganhou sua terceira premiação

Enviado Direto da Redação
Rosas ganhou sua terceira premiação

Rosas ganhou sua terceira premiação

Foto: Divulgação

Daniela Scaffo 

Pela terceira vez, o filme independente Rosas, roteirizado e dirigido pelo gaúcho Ivann Willig, 49, que atualmente mora em São Cristóvão, no Rio de Janeiro, foi premiado. Dessa vez, como melhor filme, no festival Los Angeles Brazilian Film Festival (LABRFF), considerado o maior festival de cinema Brasileiro nos Estados Unidos.


Anteriormente, a obra recebeu prêmios de melhor atriz com Tatiana Tiburcio, no 4º Edição do Cine Tamoio – Festival de Cinema de São Gonçalo, e melhor atriz com Kassandra Brandão, no Festival Pedra Azul. 


"Nós concorremos entre 13 indicados na 12ª edição do LABRFF e vencemos na única categoria que tínhamos chance, que é a de melhor filme. O curioso é que é a terceira vez que sou indicado nesse festival e dessa vez ganhei. Fui indicado em 2014 com 'A Idade da Inocência', depois em 2017, com 'Escolhas', onde ganhamos 31 prêmios. Com 'Rosas', que lançamos esse ano, fomos indicados em 10 festivais e esse é o nosso terceiro prêmio com o filme", informou Ivann Willig.


O curta Rosas fala sobre Zé, um homem do campo, que se sente incompleto por nunca ter conhecido sua mãe, larga a namorada em busca do seu autoconhecimento e retorna com uma nova identidade, como transgênero. O filme tem no elenco Kassandra Brandão, Tatiana Tiburcio, Pedro Pauleey e Tuna Dwek.


Cine Tamoio : O Cine Tamoio é o único festival de cinema de São Gonçalo e o maior festival de cinema da região Leste Fluminense, composta por 16 municípios e onde vivem mais de 2 milhões de pessoas.



Veja também