Inscrições abertas para a Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciências

Com mais de 45 anos de existência, academia procura novos membros

Enviado Direto da Redação

Por Rennan Rebello


Uma das entidades culturais mais antigas de São Gonçalo, a Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciências (Aglac), abre 10 vagas para que escritores e artistas da cidade possam integrar o quadro dos ‘imortais’ da instituição fundada em 21 de setembro de 1974 e que dispõe de 60 cadeiras.


O edital da Aglac prevê que os interessados em entrar na Academia precisam se candidatar até o dia 30 de junho e cumprir algumas normas.


“Nos termos vigentes do Regimento Interno, Art. 31, abre inscrição para 10 novos acadêmicos. Os interessados deverão encaminhar ofício para o presidente (Décio Machado), com endereço e número de telefone para contato, especificando por que gostaria de se tornar membro da Aglac. Fica estabelecido que o ofício e os trabalhos em anexo, deverão ser encaminhados para a sede provisória da Aglac, na Rua Doutor Francisco Portela, 2772, (no bairro) Zé Garoto, no Icbeu, até o dia 30 de junho, aos cuidados de Mônica Sá (entrega pessoalmente após às 17h de segunda a sexta). Fica também estabelecido que a Comissão Julgadora será composta por cinco acadêmicos: Oton São Paio, Helter Barcellos, Carlos Alberto, José Terra e Décio. Fica igualmente estabelecido que a relação dos novos acadêmicos será divulgada no mês de julho e a sua posse em setembro de 2019, em local escolhido pela comissão. Fica determinado total autonomia da Comissão Julgadora, não cabendo recursos”, relata o comunicado do processo seletivo.


Perfil - Em entrevista ao O SÃO GONÇALO o presidente da Aglac, Décio Machado, detalhou os requisitos necessários para uma candidatura.


“Além dos escritores também aceitamos candidaturas de pessoas ligadas ao teatro, a produção audiovisual, as artes plásticas com obras expostas em galerias ou alguém que tenha publicações em jornais impressos, além de músicos autorais. Sendo que estes trabalhos devem ser comprovados por meio de livros, certificados ou periódicos na inscrição que deverá ter um currículo artístico (que pode ter links de trabalhos na internet) e uma carta explicando a razão de querer entrar na Aglac”, disse Machado.

Veja também