Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar R$ 4,9892 | Euro R$ 5,4003
Search

Jardim Catarina, em São Gonçalo, ganha núcleo gratuito de aprendizado de música clássica

O evento de inauguração contará com a apresentação da Camerata Jovem

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 03 de abril de 2023 - 10:32
Aulas acontecerão  de segunda à quinta-feira, totalmente gratuitas, para mais de 100 crianças e jovens entre 6 e 18 anos.
Aulas acontecerão de segunda à quinta-feira, totalmente gratuitas, para mais de 100 crianças e jovens entre 6 e 18 anos. -

Mozart, Beethoven, Chopin e muitos outros gênios da música clássica passarão a frequentar o bairro do Jardim Catarina, em São Gonçalo, a partir da próxima terça-feira (04). Isso porque será inaugurado um núcleo de aprendizado da Ação Social pela Música do Brasil (ASMB) na região, que oferecerá aulas de segunda à quinta-feira, totalmente gratuitas, para mais de 100 crianças e jovens entre 6 e 18 anos. 

“Nossas crianças e a população, de modo geral, vivem constantemente por situações de conflitos e violência. A chegada deste projeto vai ajudar a ampliar a visão deles para o mundo, direcionando o foco em algo que liberta: a música. Aliás, ela não só liberta como salva vidas”, Tchecheco Trindade Lima, líder comunitário e vice-presidente da Associação dos Moradores e Amigos do Jardim Catarina (AMAJAC). 

A iniciativa, que conta com patrocínio da Águas do Rio por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, visa promover cidadania abrangendo ações socioeducativas e culturais “que estão muito alinhadas à estratégia da concessionária de contribuir com o desenvolvimento humano das regiões em que atua”, diz o diretor-superintendente da Águas do Rio, Sérgio Braga, “não somente através do saneamento básico, que leva saúde e dignidade para as famílias, mas entendendo também que educação e cultura, entre outros temas tão relevantes, precisam caminhar juntos”, completa. 

Como uma estratégia de combate à marginalização cultural e a desigualdade social, este será o sétimo núcleo da ASMB no Rio de Janeiro, com aulas de violino, viola, violoncelo, contrabaixo, flauta doce, teoria musical, prática de orquestra e reforço escolar. “Há muito tempo almejávamos estar atuando em São Gonçalo, pois conhecemos a realidade local e sabemos que é muito carente neste sentido. Através de um esforço coletivo que uniu a ONG, lideranças locais e a empresa comprometida com a causa social, felizmente estamos concretizando esse objetivo”, afirma Fiorella Solares, diretora do projeto. 

O evento de inauguração contará com a apresentação da Camerata Jovem que já realizou turnês no exterior e teve a oportunidade de se apresentar em espaços de grande destaque como sede da ONU em Nova Iorque e em Genebra, Embaixada do Brasil em Berlim, Concertgebouw em Amsterdam, entre outros. 

Estarão presentes os representantes da Águas do Rio, lideranças comunitárias do território e autoridades das áreas educacional e cultural do município de São Gonçalo.   

Sob à batuta de profissionais experientes 

A Ação Social pela Música do Brasil é uma organização não governamental sem fins lucrativos com atuação social inclusiva na promoção da cidadania, por meio da educação musical, para crianças, adolescentes e jovens de comunidades economicamente desfavorecidas, em situação de risco social. Mais de 12 mil jovens já passaram pela instituição ao longo dos seus 24 anos. Atualmente o programa está em três regiões do Brasil (Norte, Nordeste e Sudeste) e atende um total de 4.700 alunos em seu programa socioeducativo e cultural, resultando na redução das desigualdades sociais no Brasil. 

Em sua vertente cultural, a Ação Social Pela Música do Brasil fundou, em 2014, a Orquestra Sinfônica Jovem do Rio de Janeiro (OSJRJ), que traduz concretamente o resultado de seu trabalho realizado ao longo dos anos e que possibilita, a partir da revelação de talentos entre os jovens músicos, a abertura de novos caminhos para a vida profissional. A OSJRJ é composta por jovens de grande talento oriundos de comunidades. Atualmente é a orquestra jovem de maior visibilidade no cenário cultural da cidade do Rio de Janeiro, apresentando excelente qualidade artística musical na execução de programas de altíssimo nível do repertório clássico nacional e internacional.

Matérias Relacionadas