'Se ela dança, eu danço'!: Por onde anda o cantor niteroiense MC Leozinho?

Ele ficou famoso com o funk melody

Escrito por Ana Carolina Moraes 13/04/2022 18:16, atualizado em 13/04/2022 11:37
Leozinho continua fazendo sucesso em festas e shows
Leozinho continua fazendo sucesso em festas e shows . Foto: Divulgação/Wagner Rodrigues

Quem não lembra do sucesso 'Ela Só Pensa em Beijar (Se Ela Dança, Eu Danço)', que estava estourada em todas as rádios em 2006? Além desta, as músicas 'Toda Gostosa' e 'Patricinha de Favela' fizeram parte das novelas da Rede Globo e, mais especificamente, embalavam personagens da atriz Bruna Marquezine. A música 'Tô Tranquilão' também é conhecida por todos que gostam do funk melody. Todos esses hits podem ser atribuídos a um artista niteroiense, o famoso MC Leozinho. Ele tem 30 anos de carreira e segue fazendo sucesso em festas pelo estado. Em entrevista ao O SÃO GONÇALO, Leozinho conta sobre sua carreira, seus planos para o futuro e se participaria ou não de outro reality da TV brasileira. Ele participou da Fazenda 2, em 2009, e quase chegou ao final do reality.

Leonardo Freitas Mangeli de Brito, de 44 anos, começou na música ainda novinho. Ele, que nasceu em um hospital em Santa Rosa, Niterói, cresceu no Morro do Carangueijo, próximo ao Largo da Batalha, no mesmo município. Ali, ele começou a ser influenciado pelo Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos do Sossego. Leozinho, diferente do que as pessoas pensam, teve suas primeiras experiências na música com o samba. 

"Eu desde pequeno já desfilava na escola, cantava o samba, batia o repique e assim fui entrando na música. Depois de um tempo, na adolescência, comecei a namorar uma menina que morava na Ititioca, também em Niterói. Lá tinham os bailes e eu comecei a participar, com 14 anos me deram a minha primeira chance de cantar no microfone ali na comunidade e foi assim que eu comecei no funk", afirmou o cantor.

Depois disso, Leozinho foi crescendo pela região, conseguindo fãs iniciais e fazendo sucesso. Ele passou a tocar em festas de rua, bailes e até em bares. Até que ele teve a ideia de incrementar o seu funk. "Minha avó me deu um violão e eu comecei a aprender a tocar para unir as músicas com o violão, as batidas de funk com o violão, cavaquinho também foi um outro instrumento que passei a tocar para colocar nas músicas. Eu levava o violão para o baile e pedia para ligar lá na hora que eu fosse cantar e isso é até hoje", afirmou. Foi essa originalidade que fez ele se destacar e ser percebido por membros da Furacão 2000. "Uma vez eu fiz um show lá na Furacão 2000 e levei meu violão, eu toquei lá e o produtor, cujo nome é Batutinha, me viu e gostou. A partir daí a gente se juntou e fizemos a música 'Se ela dança, eu danço'.Foi com ele que eu consegui encaixar o violão que eu gostava com a batida. Eu já tinha a ideia da música na minha cabeça, mas só com ele que eu consegui colocar em prática", afirmou o músico. Leozinho depois aprendeu a tocar guitarra e outros instrumentos para incrementar mais seu funk melody. 

O hit 'Se ela dança, eu danço' estourou em 2006 depois que a música tocou no celular de Ronaldo, O Fenômeno. "A música já estava em uma crescente em boates, mas foi quando tocou numa coletiva de imprensa do Ronaldo que ela bombou de vez e eu me tornei o mais ouvido do Brasil na época. O Ronaldo tinha se machucado na Copa e fez uma coletiva para falar o que ocorreria com ele a partir disso. No meio do evento, com vários jornalistas, tocou a minha música, as pessoas viram pela televisão e ela viralizou. Foi meio doido, meio rápido, foi singular. Me lembra um pouco o caso do Neymar que viralizou a música dos Havaianos há um tempo", afirmou ele que lembra do momento com carinho.

Hoje, Leozinho continua compondo, fazendo funks melodys e tocando em festas. Ele também realiza, todos os anos, uma festa no Dia das Crianças com amigos da Ititioca, lugar onde foi recebido pela música. Ali, ele dá chance para outras pessoas que querem cantar, cedendo o microfone. "Eu converso com novos artistas e dou conselhos também. Eu aprendi nessa carreira que devemos saber viver. O artistas as vezes se deslumbra muito, gasta muito dinheiro e tudo mais e temos que viver a nossa realidade. Temos sempre que lembrar que começamos de baixo, eu lembro muito do lugar que comecei e até hoje sou conhecido lá. Outra coisa que aconselho é que esses artistas nunca deixem de sonhar, de viajar, de acreditar sempre. Podem falar que você é maluco, mas você não é maluco, você foi escolhido para pensar daquele jeito, diferente e correr atrás do que você quer", contou o cantor.

 

Leozinho ficou conhecido por diversas músicas dos anos 2000
Leozinho ficou conhecido por diversas músicas dos anos 2000 | Foto: Divulgação
 

Hoje, Leozinho, que mora em Icaraí, conta com alguns novos lançamentos nas plataformas digitais, como a música 'Naturalmente' e a 'Verão Tem Beijo', e o videoclipe da música 'Click Click', no Youtube do artista.

Com a alta dos realities atualmente, O SÃO GONÇALO indagou Leozinho se ele participaria de outros realities, além da Fazenda 2. "Eu fiquei 2 meses e meio na Fazenda e consegui um dinheiro, não muita coisa, mas consegui, dali eu voltei para a mídia e consegui mais shows e esses realities dão abertura para isso. Hoje eu não participaria de outro pela agenda lotada de shows, mas num futuro, quem sabe. Eu também participei do reality Super Chef da Ana Maria Braga e lá aprendi muito. Eu já sabia cozinhar, pois meu padrasto é dono de uma padaria que fica na frente do Jardim Botânico, então eu sabia algumas coisas, mas aprendi muito lá, é uma experiência legal!", afirmou ele.

Leozinho, que é pai de 3 jovens: Letícia, de 20 anos; Leonardo, de 14 anos; e Lavínia, de 12 anos, lembra muitas experiências incríveis nesses 30 anos de carreira. "Eu lembro quando toquei com o Roberto Carlos em um especial dele de final de ano. Ele me chamou para o cruzeiro dele, foi incrível! Ele é uma pessoa iluminada, uma inspiração para mim quando se trata de ajudar os outros. Também tenho muito carinho pelos meus fãs, são eles que pedem minha música, meus shows e me trouxeram aonde estou. Em Minas Gerais, por exemplo, tem duas meninas que são muito minhas fãs e sempre que eu vou lá elas me esperam no aeroporto, é incrível!", concluiu ele.

Para quem quiser entrar em contato com Leozinho para shows, basta entrar no site dele: mcleozinho.com.br. Já aqueles fãs que querem seguir o artista na internet, seguem as informações: Instagram (@mcleozinho), Facebook (Mc Leozinho), Youtube (MC Leozinho), Deezer (MC Leozinho) e Spotify (MC Leozinho). 

 

O cantor tem 44 anos de idade e 30 anos de carreira
O cantor tem 44 anos de idade e 30 anos de carreira | Foto: Divulgação
 

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas