Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar down Euro down
Search

Claudia Leitte é processada por síndico por conta de dívida de R$ 33 mil

A cantora adiantou parte da dívida e parcelou o resto

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 23 de agosto de 2021 - 18:12
Dívida é referente ao aluguel de salas comerciais
Dívida é referente ao aluguel de salas comerciais -

Claudia Leitte é gente como a gente! A cantora, nascida em São Gonçalo, está enfrentando problemas com a Justiça por conta de uma dívida de aluguel de salas comerciais no condomínio Caminho das Árvores. O processo foi movido pelo síndico, que alugou as salas para a jurada do 'The Voice+'. As informações são da colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia. 

O síndico alega que Leitte lhe deve cerca de R$ 33.695,56. De acordo com o processo, a cantora é responsável por quatro salas comerciais do edifício, onde a taxa está em torno de R$ 500. Os valores constados são referentes aos meses de janeiro de 2020 a fevereiro de 2021. 

De acordo com a colunista, a Justiça da Bahia aceitou, no dia 23 de julho, um pedido feito para parcelar o débito e retirar os apontamentos de dívida em nome de Claudia. Segundo o advogado da cantora, a dívida estaria trazendo prejuízos a ela, como dificuldade para obter crédito. 

Ainda segundo a colunista, Claudia Leitte antecipou R$ 5 mil, e pagará outras 16 parcelas, que variam de R$ 2,2 mil até R$ 3,936 a depender do mês. Por conta do parcelamento, o valor da dívida subiu para  R$ 53.921,91, incluindo honorários advocatícios. 

A sentença que homologou a transação é assinada pelo juiz Carlos C. R. de Cerqueira Jr., da 6ª Vara Cível de Salvador, na Bahia.

Claudia Leitte ainda não se posicionou publicamente sobre o assunto.

Matérias Relacionadas