Instagram Facebook Twitter Whatsapp
Dólar up 5,1592 Euro up 5,3274
Search

Ex-mulher de Nego Di afirma que está sendo atacada na web

Tamyres Hirtz desabafou nas redes sociais e pediu empatia aos internautas

relogio min de leitura | Escrito por Redação | 16 de fevereiro de 2021 - 11:10
Nego Di tem um filho de cinco anos com Tamyres Hirtz
Nego Di tem um filho de cinco anos com Tamyres Hirtz -

A ex-mulher de Nego Di, Tamyres Hirtz, falou sobre ataques vem sofrendo nas redes sociais devido à participação do humorista no "Big Brother Brasil 21". Ela pediu empatia ao filho do casal e disse que apoiará o ex-marido em caso de eliminação com alta rejeição no paredão desta terça-feira (16), apesar de ressaltar que não concorda com suas atitudes na casa.

"Em meio de tantos acontecimentos vou me pronunciar oficialmente! Nós não somos um casal! Mantemos um vínculo que é maior do que qualquer atitude dentro de casa, positiva ou negativa. Esse vínculo é o nosso filho. Não concordo com as atitudes errôneas em alguns momentos dentro da casa, pelo contrário, são atitudes na qual eu não compactuo e nem defendo, porém as consequências serão arcadas aqui fora", disse.

Tamyres tem um filho de 5 anos com Nego Di. Ela se assustou com alguns comentários e afirmou que está sendo julgada e ameaçada.

"Isso está fora do meu alcance. Pessoas próximas, conhecidos, amigos, todo mundo virando as costas pra ele. Independente do que está acontecendo e do meu posicionamento com as atitudes que ele vem tomando nessas últimas semanas, e em respeito ao nosso filho, estarei aqui para dar o suporte que ele precisa e tentando orientar ele a seguir diante toda a rejeição que ele vem sofrendo", afirmou Tamyres.

Ela continuou a desabafar e falou que não sabe como Nego Di está se sentido dentro da casa, mas ressaltou que não releva as atitudes do humorista.

"Não está sendo fácil e não será fácil daqui para frente, mas tenho que ser racional e ajudar ele a amenizar essa situação, até mesmo pelo nosso filho. Que ele tenha sabedoria para saber lidar com as situações e que aprenda com os próprios erros. Não consigo julgar diretamente sem saber o que se passa lá dentro, o que acontece, qual a visão dos confinados. Enxergamos e interpretamos com o que achamos que é certo ou errado, mas só quem está lá sabe o que se passa e a intensidade das situações e sentimentos", disse. 

"Não passo pano. Lembrando aqui fora existem pessoas reais que estão sofrendo ataques dos mais cruéis como eu e a mãe dele que nada temos a ver. Peço que tenham o mínimo de empatia ao menos com a minha criança. Desde já agradeço o apoio dos que estão do meu lado e da minha criança!", acrescentou.

Matérias Relacionadas