Bistrô D'Avó promove oficinas gratuitas destinadas à terceira idade

Inscrições estão abertas e podem ser feitas presencialmente ou via WhatsApp

Escrito por Redação 15/01/2021 11:00, atualizado em 15/01/2021 11:24
Na Oficina do Celular, os alunos vão aprender sobre funcionalidades e manuseio do aparelho e uso de redes sociais
Na Oficina do Celular, os alunos vão aprender sobre funcionalidades e manuseio do aparelho e uso de redes sociais . Foto: Divulgação

Estão abertas as inscrições, de hoje (15) a 18 de janeiro, para três oficinas culturais que serão promovidas pelo Bistrô Cultural D'Avó, no Centro de São Gonçalo.

Voltadas prioritariamente para a terceira idade (mas outros públicos também podem participar), as oficinas são gratuitas com diferentes cargas horárias.

Na Oficina do Celular, que será ministrada pelo colaborador Jean Rodrigues, os participantes vão aprender conteúdos e prática sobre as funcionalidades dos aparelhos, como criar e configurar e-mails, uso das redes sociais, uso de aplicativos, manutenção do celular, segurança e uso da câmera para fotografia e gravação. Ao final da oficina, haverá uma mostra virtual de fotografia e vídeos dos alunos. As aulas acontecem às quartas-feiras, das 11h ao meio-dia.

Já na Oficina Música Para Todos, com o professor Adauto Guerra, os participantes vão aprender inicialização básica de violão com conteúdo e exercícios na prática. O cronograma de 10 aulas acontecerá às terças, quintas e sábados, de 11h ao meio-dia, a partir de 19 de janeiro.

Também a partir do dia 19, acontece o Projeto Batuq no Quintal D'Avó, com aulas de iniciação básica à percussão brasileira, ministradas por Pedro Batuq. A oficina, com cronograma total de 10 horas, será realizada das 16h às 17h.

São 15 vagas para cada oficina. As inscrições podem ser feitas presencialmente no Bistrô Cultural D'Avó, no endereço Rua Eduardo Vieira de Sousa, 122, Centro (rua lateral do Rodo Shopping) ou pelo WhatsApp 21 9 9535-8236.

Para Jandira Magno, responsável pelo espaço em sociedade com Roberto Viana e idealizadora do projeto, as oficinas visam atender "a um público na sua maioria de pessoas com 'mais idade' que abriu mão de fazer muitas coisas em prol de necessidades mais prioritárias, como tocar um instrumento, por exemplo".

"O Bistrô D'Avó é um empreendimento voltado para a cultura e o idoso, então procura também ajudar a essas pessoas a se sentirem integradas a essa informatização do mundo", explica Jandira, a respeito da Oficina do Celular, acrescentando que "as redes sociais são, na maioria das vezes, complicadas para essas pessoas de outra geração".

Os projetos serão viabilizados através da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc (Lei nº 14.017, de 29 de junho de 2020), criada pelo Congresso Federal e fruto da intensa mobilização de trabalhadoras e trabalhadores do setor cultural.

Mais informações sobre as oficinas podem ser encontradas na página oficial do Bistrô no Facebook, clicando aqui.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas