Magnólia Brasil é a grande campeã do Carnaval de Niterói

Com reedição de tema que homenageia o Estácio e tradicional escola do bairro, agremiação do Fonseca vence pela primeira vez na elite

Enviado Direto da Redação

Foto: Divulgação


A Magnólia Brasil é a grande campeã do Carnaval de Niterói. A Azul e Branca do Fonseca foi buscar na reedição do enredo apresentado pela Estácio de Sá no Carnaval de 1980, no Rio de Janeiro, como a inspiração para chegar na frente. Desfilando na Rua da Conceição, com mais sete escolas, na noite de terça-feira (24), a Magnólia ganhou a preferência dos jurados e conseguiu 179,3 pontos, sendo a que obteve mais notas dez entre os quesitos. A Folia do Viradouro, de Santa Rosa, ficou com o vice-campeonato, com 176,8 pontos. A Império de Araribóia, última colocada, e a Bafo do Tigre, vão desfilar no Grupo B, em 2021. 


Após a leitura dos envelopes, os componentes da Magnólia Brasil, com parte da bateria presente, fizeram uma grande festa e receberam o trofeu entoando os versos do samba enredo que enaltece o bairro do Estácio como berço do samba e homenageia também a histórica escola que leva o nome do local, sendo considerada a primeira do país. O presidente da agremiação, Paulo Renato Moura, emocionado, disse que haverá uma grande festa para celebrar o primeiro título conquistado na elite do Carnaval na cidade. 


No Grupo B deu Sabiá. A escola da Vila Ipiranga, no Fonseca, que havia sido rebaixada no ano passado, conquistou o título com enredo sobre a arte reciclada, computando 178 pontos dos jurados. A Combinados do Amor, também do Fonseca, falando sobre as feiras de ruas da cidade, obteve 177,3 pontos e além da conquista do vice, terá direito a se apresentar na Série A em 2021. A tarde foi de tristeza para Galo de Ouro e a Garra de Ouro, que últimas colocadas, vão integrar o Grupo C no ano que vem. 


Com o enredo que homenageava a co-irmã Sabiá, a Amigos da Ciclovia se tornou campeã do Grupo C, com 175,4, seguida pela Tá Rindo Porquê. As duas vão subir para o Grupo B. Para a formação do novo Grupo C no Carnaval de 2021, as rebaixadas Galo de Ouro e Garra de Ouro vão se juntar as outras três agremiações restantes desse grupo e outras cinco escolas do Grupo D - a campeã Independente do Boaçu, a Unidos do Castro, Grilo da Fonte e União do Maruí. A Império de Charitas e a Mistura de da Raça, que desfilaram para avaliação e foram aprovadas, vão se juntar a elas. A apuração do Carnaval de Niterói aconteceu na tarde dessa quinta-feira (27), no Clube Canto do Rio, no Centro. 

Veja também