Viradouro dá show, mas acaba deslizando em frente a módulo de jurados

Ao som do enredo sobre as ganhadoras de Itaipuã, a escola irá brigar pelo título do grupo especial

Enviado Direto da Redação
Ainda que dos erros técnicos tenha aparecido durante o desfile, a agremiação ainda é concorrente forte.

Ainda que dos erros técnicos tenha aparecido durante o desfile, a agremiação ainda é concorrente forte.

Foto: Reprodução G1/ Fábio Tito

A Viradouro, segunda escola a pisar no sambódromo, na noite deste último domingo (23), deu um show ao caminhando pela pista, mas um buraco no desfile em frente ao segundo módulo de juízes pode fazer o espetáculo da escola despencar nas notas.


Apesar das cores vibrantes das fantasias e alegorias, o último carro passou pelo sambódromo apagado, o que pode gerar a perca de alguns décimos. Além desse ocorrido, mais na frente do segundo módulo, entre os setores, a alegoria em frente ao quinto carro ficou parada, gerando um buraco no meio do desfile.

Na comissão de frente, uma "sereia" nadava em um tubo de água, enquanto o casal de mestre-sala e porta bandeira, Julinho e Rute, tomava a fronte em todos os módulos de jurados. O enredo que tratava sobre as ganhadora de Itaipuã foi desenvolvido pela dupla de carnavalescos, Marcus Ferreira e Tarcisio Zanom.

Ainda que dos erros técnicos tenha aparecido durante o desfile, a agremiação ainda é concorrente forte para campeã do Carnaval desse ano na próxima quarta feira de cinzas.

Veja também