Uber anuncia novas medidas de apoio à comunidade e aos parceiros no Brasil

Loja virtual no app do Eats para doações e atendimento médico online

Escrito por Redação 16/04/2020 06:25, atualizado em 16/04/2020 07:16
Loja virtual no app do Eats para doações e atendimento médico online
Loja virtual no app do Eats para doações e atendimento médico online . Foto: Divulgação

A Uber anunciou hoje novas medidas para apoiar tanto a comunidade quanto motoristas e entregadores parceiros no enfrentamento à pandemia global de coronavírus (COVID-19). As medidas buscam utilizar recursos do aplicativo para responder a demandas urgentes da sociedade nesse momento - por exemplo, por meio de uma loja virtual no Uber Eats para realizar doações a comunidades vulneráveis ou viagens gratuitas pelo app de mobilidade para bancos de sangue.


Em paralelo, uma parceria com o Hospital Albert Einstein para atendimento médico online é a principal novidade no apoio aos motoristas e entregadores parceiros


.Em parceria com a CUFA - Central Única de Favelas, a Uber está lançando hoje uma campanha para doação de cestas básicas e kits de higiene a comunidades vulneráveis afetadas pelo coronavírus. As doações podem ser feitas por meio da loja virtual "A comunidade nos move", disponível no aplicativo Uber Eats.


Como funciona:Entre no aplicativo do Uber Eats. Dentro do aplicativo, procure pela loja A comunidade nos move.Selecione os produtos que quer doar e finalize a compra.As cestas serão entregues ao longo das próximas semanas em centros de distribuição coordenados pela CUFA, que fará a entrega para as famílias.Inicialmente, as cidades atendidas pela ação são Curitiba, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.


Também a partir desta semana, a campanha para apoiar a manutenção dos estoques em bancos de sangue foi expandida: a Uber está custeando agora em até R$30 para cada trecho as viagens de doadores que queiram se deslocar ao Hemocentro de Porto Alegre, que teve queda nas doações nas últimas semanas.


A medida faz parte do compromisso anunciado pelo CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, de fornecer em todo o mundo 10 milhões de viagens e entregas de alimentos gratuitas para profissionais de saúde, idosos e pessoas em necessidade durante a pandemia.


O apoio aos bancos de sangue no Brasil teve início na última semana, com campanhas no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza e Teresina, e cerca de 2 mil usuários já realizaram viagens aos bancos de sangue.


A iniciativa segue sendo ampliada para novas cidades. A orientação do Ministério da Saúde é que as doações de sangue devem continuar acontecendo durante a pandemia


.A Uber também realizou a doação de 3.700 unidades da máscara N95 para o Hospital Municipal do M'Boi Mirim, em São Paulo.


Parceiros - Os mais de 1 milhão de motoristas e entregadores parceiros da Uber no Brasil a partir de agora terão a opção de utilizar o serviço de orientação médica online do Hospital Israelita Albert Einstein. Chamado de Einstein Conecta, o serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana, com orientações por videoconferência, permitindo conforto e agilidade no atendimento com acesso à excelência médica proporcionada por um dos principais hospitais do País - uma conveniência que ganha ainda mais relevância em tempos de coronavírus.


O Einstein Conecta segue protocolos internacionais de segurança do paciente para atendimento à distância e privacidade da informação médica. O recurso pode ser acessado mediante um valor adicional pelo pacote Vale Saúde Sempre, que passou a ser oferecido em março pela Uber a todos os parceiros do Brasil, e que inclui também descontos em consultas, exames e compra de medicamentos.


Também nos últimos dias, os parceiros foram informados que, além do álcool gel, poderão solicitar reembolso para outros itens de proteção individual, como máscaras e luvas.


Além disso, a Uber também informou que vai ampliar a cobertura da política de assistência financeira, incluindo o acesso de quem pertence a grupos de risco (por exemplo, por ser idoso ou por conta de condições de saúde pré-existentes como diabetes, bronquite e doenças respiratórias).O motorista parceiro poderá solicitar assistência por até 14 dias mediante apresentação de atestado médico solicitando seu isolamento.


Pacote - Em março, a Uber anunciou um programa nacional de apoio aos mais de 1 milhão de parceiros com quem a empresa tem relação no Brasil. Os principais destaques foram justamente essa assistência financeira para qualquer motorista ou entregador parceiro que fosse diagnosticado com COVID-19 ou tivesse quarentena individual solicitada por uma autoridade de saúde ou por um médico pelo risco de disseminar COVID-19; os recursos oferecidos para ajudar motoristas e entregadores parceiros a manter seus veículos limpos, reembolsando despesas com álcool gel ou outro produto de limpeza; e a parceria com o Vale Saúde Sempre, também já mencionada.


Para ajudar a proteger entregadores parceiros, a Uber também enviou mensagens aos usuários do Uber Eats para a entrega de pedidos sem contato direto - o usuário pode deixar uma instrução no app para pedir ao entregador que deixe o pedido na porta. Além disso, pensando no bem-estar de todos, suspendemos temporariamente o Uber Juntos em todo o País, a fim de desestimular viagens compartilhadas.


A Uber também utilizou o aplicativo como canal de informação, lembrando a todos seus mais de 22 milhões de usuários, motoristas e entregadores parceiros de seguir as instruções das autoridades de saúde pública, como o Ministério da Saúde e da Secretaria da Saúde de São Paulo.


Restaurantes e mais - A Uber também anunciou medidas para apoiar proprietários e operadores de restaurantes independentes. O aplicativo Uber Eats passou a dar mais visibilidade a restaurantes locais e oferecer aos usuários gratuidade na taxa de entrega para pedidos feitos em milhares de pequenos e médios restaurantes parceiros independentes do Brasil.


Além disso, todos os restaurantes cadastrados na plataforma ficaram isentos da taxa de retirada quando os usuários fizerem um pedido pelo aplicativo e optarem por buscar a refeição pessoalmente.O Uber Eats também é o único aplicativo a oferecer a esses restaurantes parceiros pequenos e independentes a opção de receber repasses diários, em vez de esperar até o final da semana, para ajudar na manutenção do fluxo de caixa.A partir de abril, o aplicativo também passou a mostrar mais do que restaurantes: farmácias, lojas de conveniência e pet shops passam a fazer parte do catálogo de produtos disponibilizados por intermédio do Uber Eats, começando por São Paulo


.Também foi lançado no Brasil o programa Uber Eats para Empresas, que permite às empresas comprar refeições do Uber Eats para seus funcionários que estão trabalhando de casa ou que precisam trabalhar fora e estão encontrando menos opções de alimentação. A novidade também ajuda a ampliar o mercado dos restaurantes e entregadores parceiros do Uber Eats ao permitir que eles tenham acesso a um maior volume de pedidos.

Gostou da matéria?
Compartilhe!

Veja também

Mais lidas