Especialistas apontam profissões com maior tendência de oportunidades em 2019

Profissionais se revelam otimistas em relação a algumas profissões

Enviado Direto da Redação
Para consultores, apesar da crise dos últimos anos, há carreiras com potencial de crescimento

Para consultores, apesar da crise dos últimos anos, há carreiras com potencial de crescimento

Foto: Divulgação

Nos últimos anos, o mercado de trabalho esteve estagnado e ofereceu poucas oportunidades para a maioria das carreiras. Para 2019, ele se revela otimista em relação a algumas profissões, relacionadas especialmente ao recursos humanos, tecnologia, marketing, planejamento, finanças e terceira idade.

O mestre em Economia e diretor do campus São Gonçalo da Universidade Salgado de Oliveira (Universo), Yohans Esteves, citou o guia salarial da empresa de recrutamento especializado, Robert Half, que revela quais as profissões que devem estar em alta no próximo ano.

“Essa consultoria aponta fortemente crescimento nas áreas de recursos humanos, finanças e contabilidade, tecnologia, jurídico, seguros, mercado financeiro, engenharia e vendas e marketing. Em tempos de recessão, a área de finanças cresce muito pois as empresas precisam ao mesmo tempo pensar em corte de custos e em gerar valor aos negócios”, informou Yohans.

O consultor de carreira, Ricardo Veríssimo, também citou algumas profissões que têm grandes potencialidades de crescimento, devido às condições de desenvolvimento econômico, político e humano.

“Entre elas, destaco gestão de resíduos, já que o lixo é um problema nas grandes metrópoles e a tendência, infelizmente, não é de melhora. As leis em relação aos resíduos devem ser cada mais rígidas e a fiscalização deve aumentar cada vez mais, abrindo espaço para todas as profissões ligadas aos resíduos, técnicos em resíduos hospitalares, especialistas em reciclagem e outras áreas. Outra é desenvolvedor de aplicativos móveis, já que mais de 80% do acesso à internet já é feita por uso de smartphones e pesquisas mundiais apontam que, até o final de 2020, mais 90% da população mundial terão cesso aos smartphones”, declarou.

O consultor de carreiras ainda explicou que é difícil traçar um diagnóstico do mercado de trabalho em 2019. Segundo ele, a expectativa é grande para que iniciar a saída desta crise política e econômica no Brasil, e esse otimismo costuma ser traduzido em aumento de vagas de emprego. Por outro lado, houve uma enorme redução de postos de trabalho e muitos profissionais entrarão para o mercad.

“Como empresário, tenho a sensação, e não passa de uma sensação, de otimismo no mercado e isso pode aumentar as vagas de emprego. Já como administrador de empresas e me baseando nos últimos dados do mercado de trabalho, já deixo de ser muito otimista. Em resumo, a intuição é boa, mas os dados estatísticos não são”, argumentou o consultor.

Veja também