31 de Outubro de 2014

Polícia
Enviado por Leonardo Barros 31/12/2012 14:43:43

Morte e fim de festa em São Gonçalo

Faltando poucas horas para as comemorações do réveillon, os moradores da Rua Conceição Correia, em Santa Catarina, em São Gonçalo, viveram momentos de pânico por causa de um tiroteio em uma festa de rua realizada no local. O pivô foi o pedreiro Oscar dos Santos Souza, 53 anos, que a pretexto de vingar um atentado sofrido por um irmão, assassinou a tiros Rodrigo da Silva Tinoco, de 18 anos.

Na confusão, o pedreiro feriu outros dois moradores: Valesca Cristina da Silva de Oliveira e Felipe Leite Rodrigues, ambos de 20 anos, que também estavam no bar. Após disparar os tiros, Oscar chegou a ser agredido por moradores e teve que entrar na casa de um vizinho para não ser linchado, até a chegada de policiais do 7º BPM (São Gonçalo).

De acordo com o Registro de Ocorrência (RO) da 73ª DP (Neves), a confusão teria começado num bar, por volta das 22h30. Preso em flagrante, o pedreiro disse, em depoimento, que teria sido provocado pelas vítimas e, por isso, pegou a arma que estaria com Rodrigo para disparar contra eles.

Oscar informou também eu seu depoimento, que o morto também teria ligação com um atentado sofrido pelo seu irmão, há alguns anos, que o deixou na cadeira de rodas.

Sem antecedentes criminais, o pedreiro foi definido por vizinhos como um homem trabalhador e que não se envolvia em confusão. Na 73ª DP Oscar foi autuado por homicídio e dupla tentativa de homicídio.

Valesca foi baleada em uma das mãos e Felipe nas costas. Os dois foram levados para o Hospital Estadual Alberto Torres, no Colubandê. Os dois não correm risco de morte.





<< Primeira < Anterior   [ 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10  ] Próxima > Última >>

Expediente | Anuncie Aqui | Trabalhe Conosco | Twitter | Comunidade no Orkut | RSS | Fale Conosco
©Copyright O SÃO GONÇALO - Todos os direitos Reservados

Ilhota Leste Comunicação