01 de Outubro de 2014

Polícia
Enviado por Marcela Freitas 8/6/2012 23:40:13

A 'diabinha' do tráfico presa em São Gonçalo

Apontada pela polícia como a mais' nova musa' do traficante Maicon dos Santos Souza, o Gaguinho, 'chefe' do tráfico no Complexo da Coruja, no Vila Lage, a estudante gaúcha Francelle Pacheco Kloster, 18 anos, foi presa, na tarde de ontem, por policiais do 7º BPM (São Gonçalo) numa casa, na Travessa B, próximo a um dos pontos de endolação e depósito de drogas na comunidade.

Durante a ação, houve intensa troca de tiros. Além da estudante, um homem foi preso, três adolescentes e uma carga de drogas apreendidos. Considerado um dos criminosos mais procurados do estado do Rio, Gaguinho conseguiu fugir. Francelle estaria morando com o criminoso, há seis dias, após se conhecerem pela Internet.

Operação - De acordo com os PMs, a ação foi desencadeada para coibir o tráfico de drogas no Complexo da Coruja. Dois adolescentes foram apreendidos no Morro da Alegria, onde ocorreu uma intensa troca de tiros. Em outra ação, Rodrigo Amaral Brandão, o Soldado, de 33 anos, foi preso e o terceiro menor apreendido. No telhado do imóvel foram encontradas 1.156 pedras de crack, um tablete da mesma droga, além de uma luneta e um carregador de fuzil.

Com Francelle, que não reagiu à prisão, a polícia apreendeu o computador de Gaguinho, uma identidade falsa do traficante, dois celulares e a imagem de uma coruja dourada. Ao saber da prisão dos comparsas, Rodrigo tentou subornar os policiais. Eles foram levados para a 74ª DP (Alcântara). Francelle e os três adolescentes foram autuados por associação ao tráfico de drogas, cuja a pena pode chegar a 7 anos. Já Rodrigo irá responder por corrupção e associação ao tráfico.

'Chefe' do CV no Rio

De acordo com a polícia, Gaguinho gosta de ostentar riqueza, vaidade e o poderio bélico do seu bando. Ao lado de belas mulheres, ele sempre aparece com cordões, anéis e braceletes de ouro. O traficante é apontado como um 'chefes' no conjunto de favelas do Complexo do Alemão, no Rio, que antes da ocupação das forças de segurança do Estado, era considerado o quartel-general do Comando Vermelho (CV).

Além de ser investigado por tráfico de drogas e armas, Gaguinho é um dos acusados da morte do policial civil Rogério Carlos Antunes da Costa, 47, executado num dos acessos à comunidade de São Gonçalo, em novembro de 2010.

Após conquistar a confiança de dois traficantes considerados as principais lideranças do CV, Gaguinho foi alçado ao cargo de 'gerente' do tráfico da Fazendinha, no Rio, de onde continua controlando a venda de entorpecentes na Coruja. O Disque-Denúncia oferece R$ 1 mil por informações que auxiliem na prisão de Gaguinho.

Estudante veio de Porto Alegre e participou de baile à fantasia

De acordo com os militares, estudante, que morava em Porto Alegre, disse ter vindo para o Rio, há 11 dias, para tentar uma vaga em universidades do estado. Ela estava hospedada na casa de uma amiga, em Copacabana, e acabou conhecendo o traficante através da rede social. Gaguinho que já conhecia a amiga dela, convidou as duas para conhecer o baile funk da Coruja, realizado no último sábado, quando a estudante conheceu o traficante e, desde então, se mudou para a residência dele. A jovem disse ainda que a mãe dela já foi dona de uma loja em Porto Alegre e o pai trabalha numa empresa na capital gaúcha.





<< Primeira < Anterior   [ 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10  ] Próxima > Última >>

Expediente | Anuncie Aqui | Trabalhe Conosco | Twitter | Comunidade no Orkut | RSS | Fale Conosco
©Copyright O SÃO GONÇALO - Todos os direitos Reservados

Ilhota Leste Comunicação