23 de Novembro de 2014

Polícia
Enviado por Redação 15/1/2012 21:36:22

Mulher é acusada de matar marido a facada em Maricá

Uma história de amor iniciada há três anos terminou em tragédia, em Maricá, no início da tarde de ontem. A dona de casa Mariana de Oliveira Minas, de 27 anos, foi presa sob acusação de matar o marido, o zelador Amaro de Almeida, 50, na casa em que moravam de aluguel, na Rua Euclides Santos, no bairro do Flamengo, naquela cidade, por volta de 12h50.

Após a morte de Amaro, Mariana, segundo depoimentos de um dos proprietário do imóvel, tentou fugir, mas foi contida até a chegada de policiais do 12º BPM (Niterói). Com as roupas ensanguentadas, a suspeita do crime foi levada para a 82ª DP (Maricá), onde o caso foi registrado. Mariana morava com o marido e mais três filhas, com idades de dois, sete e 11 anos. A filha mais nova e três amigas estavam presentes na hora do crime.

“Eles moravam aqui há pouco tempo e desde o Natal, nós não tínhamos mais paz. Todo dia tinha confusão entre eles. Outro dia ouvi ela dizendo que explodiria a casa com um botijão de gás. Depois disso, pedi que fossem embora”, contou Manoel Souza,73, dono do terreno onde há quatro imóveis alugados.

O crime - Amaro estava tomando banho, quando começou a briga com a mulher. Segundo testemunhas, ele foi surpreendido com uma facada certeira no peito.
As crianças foram levadas para a delegacia de Maricá e de lá entregues ao Conselho Tutelar. Na delegacia, a dona de casa negou o crime e disse que o marido se suicidou.

Romance que virou um ‘inferno’

A história de amor entre Mariana e Amaro começou numa festa no bairro do Caju, em que se conheceram por intermédio de amigos. Apesar da diferença de idade de 23 anos, mostraram-se felizes com a união. Logo foram morar juntos, apesar da reprovação da família de Amaro, que trabalhava como zelador em um prédio no centro de Maricá. Já Mariana, antes de morar na cidade, residia no Morro dos Macacos, na Zona Norte do Rio.

Na noite anterior a morte do zelador, segundo testemunhas, Mariana foi à residência no Flamengo e teria tentado incendiar o companheiro. Por esse motivo, ele dormiu no trabalho.





<< Primeira < Anterior   [ 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10  ] Próxima > Última >>

Expediente | Anuncie Aqui | Trabalhe Conosco | Twitter | Comunidade no Orkut | RSS | Fale Conosco
©Copyright O SÃO GONÇALO - Todos os direitos Reservados

Ilhota Leste Comunicação