28 de Julho de 2014

Polícia
Enviado por Marcela Freitas 19/12/2011 23:54:49

Prisões em São Gonçalo podem gerar uma crise

A prisão do coronel Djalma Beltrami causou um mal-estar, ontem, entre as polícias Militar e Civil. Em nota, a PM informou “que deixaria de se posicionar sobre a prisão do coronel Djalma José Beltrami Teixeira, comandante do 7º Batalhão (São Gonçalo), até que sejam esclarecidas as circunstâncias e a motivação da prisão temporária. A Corregedoria Interna da Corporação vai solicitar formalmente cópia da documentação e das gravações com as interceptações telefônicas veiculadas na mídia”.

Operação - Os cumprimentos de prisão da Operação Dezembro Negro ocorreram, simultaneamente, no 7º BPM (São Gonçalo) e no Morro da Coruja, em Neves. A ação contou com o apoio de dois helicópteros blindados e de um ‘caveirão’ da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas. Mais de 100 policiais civis foram mobilizados na operação.

No Morro da Coruja houve troca de tiros e Bruno Rafael Viviani da Silva foi preso. De acordo com os policiais, ele estava com mandado de prisão expedido por tráfico de drogas e é apontado como vocalista de dois grupos de pagodes.
Além dele, outros cinco homens também foram detidos em flagrante, acusados de tráfico de drogas, aproximadamente 5kg de maconha em tabletes acabaram apreendidos.

Procurados - A polícia já mapeou o tráfico na Coruja e continua a procura de Maicon dos Santos, o Gaguinho, apontado como chefe do tráfico, Jaqueline Viviani, a Jaque, Wallace Batista Soalheiro, o Pixote, Anderson Santana da Silva, o Gão, Everton Barreto Guimarães, o Talarico, Erik de Lima Gonçalves, o Pet ou 50, Waldenir Cardoso da Silva, o Magal, Thiago dos Anjos Martins, o TG, Pedro Mauro Pacheco, o Seu Pedro e Rafael Rosa Guimarães, o Chacal, que, segundo a polícia, teria morrido num suposto auto de resistência na última sexta-feira.

Região dos Lagos - De acordo com policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói, após a ocupação do Complexo do Alemão, na zona norte do Rio, traficantes do Comando Vermelho (CV), ligados a Marcelinho Niterói, apontado como braço direito de Fernandinho Beira Mar, teriam migrado para a Região dos Lagos.

A partir dessa informação, o Gaeco, em maio deste ano, após o MP perceber aumento no número de homicídios ligados ao tráfico na região, passou a investigar a procedência das drogas que abasteciam a Região dos Lagos.
Durante a investigação, descobriu-se que os entorpecentes que chegavam à Região dos Lagos, via São Pedro da Aldeia, vinham dos morros do Bumba, em Niterói, e da Coruja, em São Gonçalo.

Desafio - O secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, admitiu que o 7º BPM (São Gonçalo) é um dos maiores desafios para a Secretaria. Beltrame disse que ficou muito “aborrecido com a conduta do comandante”. Apesar de mais uma descoberta de problemas na polícia do Rio, o secretário afirmou estar feliz com o trabalho da Polícia Civil.


Gaguinho: bandido mais procurado de SG

Maicon dos Santos, o Gaguinho, 29, expõe a riqueza, a vaidade e o poderio bélico de um dos traficantes mais procurados de São Gonçalo. Ele é um dos líderes do tráfico no conjunto de favelas do Complexo do Alemão, no Rio, que antes da ocupação das forças policiais do Estado, era considerado o quartel-general do Comando Vermelho (CV).
Apontado como o chefão do ‘pó’ no Complexo da Coruja, no Vila Lage, Gaguinho é um dos acusados pela morte do policial civil Rogério Carlos Antunes da Costa, 47, executado num dos acessos à comunidade de São Gonçalo, em novembro do ano passado.


POLICIAIS COM MANDADOS DE PRISÃO
De acordo com a polícia, além do coronel Djalma Beltrami, tiveram mandados de prisão expedidos pela Justiça:

- Sargentos: Debona, Almeida, Senna.

- Cabos: Geovane, Fonseca, Trindade, Bastos, Alves, R. Dias, Muzzer que já estava preso, por outra investigação.

- Soldados: Carvalho e Junior Medeiros que já estava preso sob acusação na participação na morte da juíza Patrícia Acioli.

 

ESCUTAS TELEFÔNICAS

Policial
: E aí irmão?

Gaguinho: Tô esperando o ‘bagulho’ vir aqui quando chegar eu ligo aí...

Policial: Falei com o ‘mais alto’ aqui, vai ter como manter R$ 10 mil para manter o do comando e o nosso?

Gaguinho: Não rapa... Não tem como mandar R$ 10 mil. Tem como aumentar o de vocês, mil a mais, e mandar R$ 10 mil para o comandante. Arregar ele também.

Policial: O contato com ‘Zero Um’ dia de hoje sou eu.

Gaguinho: Tenho que mandar o doutor (advogado) falar com o homem também. Não é desconfiando de ninguém, mas prefiro falar com o doutor

Policial: O ‘02’ braço dele está comigo. Ele tem quatro braços (GAT)...

Gaguinho: O outro braço queria 10 para cada um e e mais 10 do 01. Aí não dá...

Gaguinho: Eu quero entrar em um acordo com esse que entrou agora...

Policial: O que você mandar para mim eu vou tirar e dá para o comando.

Gaguinho: você vai perder um pedaço, mais ele vai ficar tranqüilão com R$ 10...

 





<< Primeira < Anterior   [ 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10  ] Próxima > Última >>

Expediente | Anuncie Aqui | Trabalhe Conosco | Twitter | Comunidade no Orkut | RSS | Fale Conosco
©Copyright O SÃO GONÇALO - Todos os direitos Reservados

Ilhota Leste Comunicação