A arte está de volta às ruas

Projeto cultural leva apresentações artísticas gratuitas para diferentes bairros de Niterói

Enviado Direto da Redação
O Coletivo O Círculo vai oferecer oficinas e apresentações de bambolê no Horto do Fonseca

O Coletivo O Círculo vai oferecer oficinas e apresentações de bambolê no Horto do Fonseca

Foto: Divulgação

O projeto Arte na Rua, promovido pela Secretaria Municipal de Cultura e a Fundação de Arte de Niterói, está de volta e abre neste mês de março a temporada de 2018 com espetáculos gratuitos por diversos cantos da cidade. Música, teatro, circo, capoeira e dança fazem parte desse cardápio cultural, que começa, amanhã, com a Banda Seu Miranda lançando, no Skate Park de São Francisco, às 19h, seu mais recente videoclipe “Charles Garotão”.

Em seus shows, além de músicas próprias, com letras irreverentes, a banda conta também com versões pesadas e inusitadas de canções da MPB, como “Cilada” do Molejo e o funk carioca “Chatuba de Mesquita”. Seu Miranda tem em sua trajetória, a abertura de diversas bandas nacionais de rock.

Em comemoração ao mês do Circo, o ator, cantor, instrumentista e dublador niteroiense Diego Marques leva ao Horto do Fonseca, no sábado, às 11h, seu mais reconhecido personagem, o Palhaço Funil, no espetáculo “O Menor Picadeiro do Mundo”. O evento no horto contará ainda com o Coletivo bambolístico O Círculo, que vai oferecer oficinas e apresentações de bambolê. A proposta do Coletivo, formado por Luiza Carioca, Desirée Brito e Marina da Paixão, é aprofundar as relações entre os participantes, promover a consciência corporal e uma melhor interação com o espaço.

No domingo, o Arte na Rua fecha o fim de semana com duas atrações nos bairros de Icaraí e Itaipu. Às 11h, no Campo de São Bento, o cantor Fabio Pereira apresenta “Pérola Negra - Tributo a Luiz Melodia”, show com repertório gravado pelo cantor e compositor Luiz Melodia, falecido em 2017. Também às 11h, mas no Horto de Itaipu, a Cia Dança Cigana Cia Jackie Chermont promete uma apresentação marcada por muita cor e alegria.

Inscrições – Os artistas que queiram participar do projeto devem ficar atentos às chamadas públicas. Podem se inscrever artistas e/ou grupos de teatro, música, dança, circo, literatura, artes plásticas, audiovisual, arte urbana, arte popular, artes integradas, entre outras. As propostas devem ser para apresentações em ruas, praças públicas e espaços públicos similares. O artista interessado pode fazer sua inscrição gratuitamente. Informações no site www.culturaniteroi.com.br/.

Veja também