Polícia Civil busca paradeiro de homem acusado de roubo de cargas

Hercules Peres é apontado como autor de dezenas de crimes

Enviado Direto da Redação
Hercules é acusado de roubos

Hercules é acusado de roubos

Foto: Alex Ramos

Foragido da justiça pelo crime de roubo, Hercules Peres Mafort, de 23 anos, é investigado, por policiais da 74ªDP (Alcântara), por ter participação em diversos roubos de cargas em São Gonçalo. Outros dois acusados que agiam com ele já foram presos pelos agentes.

Segundo investigações da equipe da delegacia de Alcântara, Hercules foi identificado, inicialmente, depois de um roubo a um caminhão de móveis e eletrodomésticos, de uma grande empresa. O roubo aconteceu no Centro de Alcântara, e dias depois, a justiça, através da comarca de São Gonçalo, expediu um mandado de prisão preventiva pelo crime de roubo majorado. Um dos integrantes do trio foi preso em flagrante, durante outro roubo de cargas. O outro teve o mandado cumprido pela Polícia Civil, depois de ser localizado durante uma operação dos policiais da 74ªDP. Somente Hercules permanece foragido.

Além do roubo que originou as investigações e culminou com o mandado de prisão, o trio é investigado em dezenas de roubos de cargas na área da distrital. A polícia espera que com a divulgação da imagem de Hercules, os acusados sejam reconhecidos por novas pessoas que foram vítimas do trio.

Quem tiver informações que ajude a polícia a localizar o foragido deve repassá-las para a delegacia ou para o Disque denúncia, através do telefone 2253-1177. O anonimato é garantido.

Roubo de cargas – A cada cinco horas, uma carga foi roubada em São Gonçalo, durante os cinco primeiros meses do ano, de acordo com dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) do Rio de Janeiro.

O crime atingiu recorde em maio, quando as delegacias da área registraram 138 casos. Esse número foi 100% maior que o segundo colocado no ranking, o 14º BPM (Bangu), na Zona Oeste da capital do Estado.

Nos cinco primeiros meses de 2019, SG registrou 864 casos, com um aumento de 51% em relação ao acumulado dos cinco primeiros meses do ano passado, onde foi registrado 572 ocorrências desse tipo de crime.

Veja também