Morre PM baleado em assalto em São Gonçalo

Militar estava internado há 22 dias

Enviado Direto da Redação
Policial baleado morre em hospital

Policial baleado morre em hospital

Foto: Divulgação

Por Renata Sena e Kharine Backer


O soldado PM Carlos Marcelo Oliveira da Silva, lotado no 7º BPM (São Gonçalo), morreu na tarde de ontem, após ficar 22 dias internado. O PM havia sido atingido por dois tiros no dia 14 de fevereiro, depois de reagir a uma tentativa de assalto, quando passava pela RJ-104, na altura do Jardim Catarina.


O caso aconteceu por volta das 20h, quando o policial que estava de folga voltava da casa da sogra. Ele teria sido surpreendido por um criminoso que tentou roubar sua moto e após reagir, acabou sendo atingido numa das mãos e no abdômen. Policias militares que passavam no momento socorreram o colega e o levaram para o Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), no Colubandê, onde passou por uma cirurgia de emergência.


Após a cirurgia, o quadro de saúde do policial chegou a ser considerado estável, mas na tarde ontem a Secretaria Estadual de Saúde informou que Carlos Marcelo morreu, mas sem especificar a causa da sua morte. Marcelo foi o 23º policial morto nos primeiros dois meses de 2018 no Estado do Rio.

Veja também