Motorista de ônibus é assassinado em bar na Estrada Velha de Maricá

Caso aconteceu na noite de sexta-feira

Enviado Direto da Redação

Foto: Divulgação


O motorista de ônibus Adail da Silva Cardoso, de 46 anos, foi morto por volta das 20h de sexta-feira, quando bebia em um bar na Estrada Velha de Maricá, na altura do Km 23,5, em Ponta Grossa. No momento do crime, a vítima estava sozinha e foi executada com vários disparos no rosto. De acordo com testemunhas, dois homens em uma motocicleta vermelha passaram pelo estabelecimento observando o local. Adail estava sentado nos fundos do bar e não notou a movimentação. Logo em seguida, os suspeitos voltaram, e um deles se aproximou da vítima e deferiu aproximadamente cinco tiros. Adail não teve chances de defesa e morreu sentado em uma cadeira.


Na manhã de ontem, enquanto cuidava da liberação do corpo para sepultamento no. IML de São Gonçalo, contou que o marido, apesar de ser morador de Itaipuaçu, costumava a ir a esse estabelecimento com frequência. Ainda segundo a mulher, Adail que estava em benefício do INSS por invalidez após um acidente, não se queixava de nenhuma desavença que possa ter motivado o crime.


“Estamos sem entender o que de fato aconteceu. Meu marido era uma pessoa calma com seus momentos de explosão como qualquer pessoa, mas não tinha qualquer inimigo. Pelo contrário, era uma pessoa querida por todos”, afirmou. Adail deixou duas filhas de 22 e 11 anos. Até o fechamento desta edição não havia informações sobre o horário do sepultamento. Carbonizado - O corpo de uma pessoa não identificada foi encontrado na manhã de ontem, em adiantado estado de decomposição após ter sido queimado, na Rua das Bananeiras, no loteamento Bosque Fundo, em Inoã, Maricá. Segundo a perícia, a vítima era negra e aparentava ter cerca de 18 anos.


Os casos serão investigados pela Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG). (Marcela Freitas)


Veja também