Traficantes cavam buracos na Trindade para dificultar ainda mais a mobilidade

Rua Uruguaiana já tinha barricada com madeiras

Enviado Direto da Redação
>> PM tem retirado barricadas, mas barreiras são repostas pelo tráfico

>> PM tem retirado barricadas, mas barreiras são repostas pelo tráfico

Foto: Leonardo Ferraz


Mesmo com a Operação ‘Rua Livre’ da PM, de retirada de barricadas instaladas por traficantes em São Gonçalo, o problema persiste em bairros como a Trindade, segundo denúncias que chegam ao ‘Tem Barricada Aí?’ pelo WhatsApp (21) 97220-6423.


Na Rua Uruguaiana, no trecho que faz cruzamento com a Rua Cuiabá, um grupo de traficantes cavou buracos na via para cimentar barras de ferro e dificultar ainda mais a passagem no local, que já tem um sofá velho e madeiras para bloquear veículos.  Segundo denúncia, os criminosos foram surpreendidos por policiais enquanto faziam o buraco, o que fez com que a barricada, por enquanto, ficasse 'pela metade'.


De acordo com os relatos recebidos no canal de O SÃO GONÇALO e que constam do ‘Mapa das Barricadas’, além dessa barreira, a Trindade sofre com outras 11 vias estão fechadas por obstáculos colocados pelos criminosos. Na Rua Barra Mansa, por exemplo, o mato cresce sobre as barreiras, mostrando há quanto tempo a barricada foi instalada.


Já na Rua Itajubá, a barricada é composta por troncos de árvores, manilhas e caixas d’água. Segundo denúncias, em algumas ruas do bairro só dá para passar a pé, e quanto mais o tempo passa, mais vias estão sendo fechadas.


Para mandar informações para o 'Tem Barricada Aí?', a população deve enviar mensagens sobre restrições nas ruas em São Gonçalo, Itaboraí e Niterói, através do número de WhatsApp (21) 97220-6423. Os dados do leitor são mantidos totalmente em sigilos e nenhum informação pessoal é solicitada.


Para visualizar o mapa digital das barricadas, feito exclusivamente por OSG, basta acessar o link www.bit.do/tem-barricada-ai-osg em um navegador de internet no celular ou computador. Caso tenha um smartphone Android, também é possível ativar o mapeamento no aplicativo Google Maps, como no vídeo abaixo.


Veja também