Polícia inicia operação para retirar barricadas do tráfico em São Gonçalo

Retroescavadeira foi usada para remover obstáculos

Enviado Direto da Redação
>> Com uma retroescavadeira e um caminhão, PMs removeram barricadas instaladas por traficantes em ruas do Jardim Catarina

>> Com uma retroescavadeira e um caminhão, PMs removeram barricadas instaladas por traficantes em ruas do Jardim Catarina

Foto: Luiz Nicolela


O comando do 7ºBPM (São Gonçalo) iniciou, ontem, uma ofensiva contra a instalação de barricadas por traficantes em bairros da cidade. O local escolhido para a pimeira operação ‘Rua Livre’ aconteceu no Jardim Catarina, bairro com o maior número de vias bloqueadas, conforme o ‘Mapa das Barricadas’, de OSG.


Com o auxílio de uma retroescavadeira, operada por um policial militar, e um caminhão, agentes do Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) removeram obstáculos das ruas Inês Peixoto, Cardeal Álvares da Silva, Marcos Costa, José Augusto Ribeiro, Alabama, José Rosendo de Souza, Cristiano Filgueiras, Duarte Coelho, Francisco Menezes Siqueira e Lamartine Babo. De acordo com informações de leitores que alimentam o aplicativo ‘Mapa das Barricadas’, algumas dessas vias tinham objetos no caminho há meses. Além de cascalhos e entulhos, até troncos de árvores e sofás faziam parte dos bloqueios no meio do caminho.


Segundo relato de moradores, a grande maioria das ruas dessa parte do bairro eram tranquilas. Na Rua Inês Peixoto, era comum ver crianças brincando na região, comércios e lanchonetes abertos. “Agora não vemos mais nada disso”, desabafou um denunciante, através do canal ‘Tem Barricada Aí?’. Na Cardeal Álvaro da Silva, os moradores estão sendo prejudicados para acessar as residências. “Esses objetos bloqueiam totalmente uma parte da rua. Só ficamos com uma entrada, na parte de cima”, relata um leitor.


Na virada de ano, um leitor pedia que as barricadas fossem retiradas pelos órgãos responsáveis. “Nós do Jardim Catarina continuamos sofrendo. Esperamos que nesse ano que se inicia, as autoridades combatam esses absurdos que nos prejudicam”. Além disso, o leitor acrescentou que conforme o passar dos dias, as barricadas ficavam maiores.


As denúncias para o canal ‘Tem Barricada Aí?’ podem ser feitas através do WhatsApp (21) 97220-6423. Para utilizar o mapa digital basta acessar o link www.bit.do/tem-barricada-ai-osg e abrir em algum navegador da internet. Vale ressaltar que no envio das denúncias, o leitor tem sigilo garantido.


(Renata Sena e Daniela Scaffo)


Veja também