Feriado de Ano-Novo termina com 12 mortos nas estradas federais que cortam o Rio

80 pessoas ficaram feridas em acidentes

Enviado Direto da Redação
>> Os números foram registrados pela Polícia Rodoviária Federal

>> Os números foram registrados pela Polícia Rodoviária Federal

Foto: Divulgação


Doze pessoas morreram e 80 ficaram feridas durante o feriado de fim de ano nas rodovias federais que cortam o Rio de Janeiro. Os dados são da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que mostram ainda um total de 96 acidentes e a aplicação de mais de dois mil autos de infração. Os números foram contabilizados desde 28 de dezembro, até o primeiro dia de 2018.


O destaque negativo ficou para a região metropolitana, onde foram registradas 11 mortes, num total de 12. O primeiro caso com vítimas fatais aconteceu na madrugada do dia 30, na BR-101, altura de Itaboraí, onde uma colisão traseira entre um ônibus e um carro acabou deixando quatro mortos do veículo de passeio.


O segundo caso aconteceu três horas depois, na mesma rodovia, em Rio Bonito. Uma batida de frente entre dois carros deixou sete pessoas mortas e uma outra em estado grave. A 12ª morte aconteceu na noite do mesmo dia, em Nova Iguaçu.


Além dos acidentes, os agentes da PRF ainda aplicaram 2,1 mil multas. A grande maioria delas, aproximadamente 1,2 mil, por excesso de velocidade. A segunda infração com mais registros foi de ultrapassagem proibida, com 307 casos.


Durante os dias de operação, apenas 41 motoristas foram flagrados no teste do bafômetro. Trinta e uma pessoas ainda foram detidas por motivos diversos.


Por conta do recesso de fim ano, o balanço sobre a operação nas rodovias estaduais, realizado pelo Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), ainda não foi divulgado.



Veja também