Barricadas colocadas pelo tráfico causam transtornos no trânsito em Guaxindiba

Barreiras foram colocadas há seis meses

Enviado Direto da Redação
 Moradores são obrigados a andar três quilômetros em Guaxindiba

Moradores são obrigados a andar três quilômetros em Guaxindiba

Foto: Divulgação


As barricadas colocadas por traficantes na Rua Laudelino Freire, em Guaxindiba, obrigam os moradores a percorrer três quilômetros a mais do que no roteiro usual. Ao invés de acessar a via pela Estrada de Guaxindiba, é preciso descer o bairro até a Rua Souza Costa para acessar a Laudelino pela outra extremidade.


Faz pelo menos seis meses que as manilhas concretadas e o entulho depositado nas esquinas prejudicam o dia a dia de quem frequenta o bairro. Isso porque o problema não é exclusivo da Laudelino Freire. A Cardeal Amauri, Zilda Salvares, Aquilino de Carvalho e Resende da Costa também apresentam obstáculos.


“Os traficantes comentam ter vindo da Favela da Rocinha. Se vieram de lá de fato, trouxeram armamento pesado”, conta um dos denunciantes.


Outro morador comentou que viaturas da Polícia Militar passaram pelo bairro no final de semana, mas sem uma ação efetiva contra as barricadas.


“Eles retiraram os obstáculos para passar, mas estavam a caminho de outra ocorrência. Ouvimos alguns tiros, os criminosos correram, porém à noite já estava fechada novamente e com um grupo de 15 homens armados e vendendo drogas”, revela um dos relatos.


Moradores também comentam que a criminalidade aumentou de forma significativa no bairro há cerca de um ano, e que as barricadas se tornaram constantes no segundo semestre do ano.O canal recebe denúncias sobre ruas interditadas pela ação do tráfico. O sigilo é garantido pelo whatsapp 21 97220-6423.


Veja também