Polícia divulga retrato falado de suspeito de matar comerciante em São Gonçalo

Caso aconteceu em Venda da Cruz

Enviado Direto da Redação
Delegada Bárbara Lomba disse que divulgação das imagens foi feita para mobilizar população

Delegada Bárbara Lomba disse que divulgação das imagens foi feita para mobilizar população

Foto: Luiz Nicolella


Policiais da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo divulgaram, na tarde de ontem, o retrato falado do homem acusado de ter participado da execução do comerciante Antonio Claudio Alves Rangel, de 57 anos, que levou um tiro na cabeça e acabou morto, na tarde do dia 13 de outubro, durante uma tentativa de assalto à sua loja de material de construção, na Rua Doutor March, na Venda da Cruz, em São Gonçalo.


Além das câmeras de segurança da região, testemunhas do crime foram fundamentais para a confecção do retrato falado. De acordo com a delegada Bárbara Lomba, a divulgação das imagens foi feita com intuito de mobilizar a população para contribuir com a polícia na identificação dos acusados.


“Além desse que teve a imagem retratada, existe outro homem que participou da ação. A polícia precisa de informação. Existem recursos tecnológicos que ajudam, mas é importante esse laço de confiança entre a população e os policiais. Estamos pedindo ajuda para quem reconhece os homens. As informações podem ser encaminhadas para a DH ou para o Disque Denúncia. É bom lembrar que não é necessário se identificar”, explicou Bárbara.


Antônio estava sozinho na loja, quando foi abordado pela dupla de criminosos. A perícia de local constatou que Antônio Claudio ainda tentou lutar com os criminosos, mas levou um tiro à queima-roupa. Ele chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), no Fonseca, mas já chegou sem vida na unidade.


Qualquer informação que ajude a polícia a identificar os criminosos envolvidos no caso pode ser passada para a DH (2717-2838) ou para o Disque Denúncia (2253-1177).


Veja também