Sete mortos durante operação conjunta das forças de segurança em baile funk no Salgueiro

Outras quatro pessoas ficaram feridas

Enviado Direto da Redação

Por Renata Sena


Sete pessoas foram mortas durante operação da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG) junto com Forças de Segurança, na madrugada de ontem, no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo. Entre os mortos estariam traficantes identificados como Gardenal, Bracinho e Jenipapo. 
Durante todo o dia de sábado moradores postaram áudios em redes sociais com informações de que o confronto teria ocorrido durante o baile funk realizado toda sexta-feira na comunidade. “Eles chegaram de surpresa. Tem muitos mortos em vários locais. É bom evitar vir para cá”, relatava uma das gravações.
No final da tarde, a Poícia Civil confirmou a operação com a participação da Coordenadoria de Operações Especiais (Core) e o Exército. Na ação foram apreendidos um fuzil, sete pistolas, cinco carregadores, munições, rádios transmissores, drogas, celulares e documentos.
Versão de moradores - De acordo com moradores, homens armados chegaram ao baile funk de surpresa. “Meu filho tinha envolvimento com o tráfico, não era inocente. Mas ele deveria ter sido preso, não ter sido executado”, contou a mãe de um dos mortos, no Instituto Médico Legal (IML), durante a tarde de ontem.
Familiares de quatro mortos que estiveram no IML relataram os momentos de tensão. “Um deles colocou o fuzil na minha cara e disse que se eu passasse ele iria atirar. Eu só queria ver meu filho. Assim que soube do ocorrido fui para o Salgueiro. Acho que se a família não fosse lá, eu não ia nem poder enterrar o corpo dele. Porque o que mais tem lá dentro são corpos, em matas e mangues”, disse outra mãe.
Até a noite de sábado, todos os corpos permaneciam no IML, onde vão passar por exames para serem liberados para os sepultamentos.
Feridos – Duas pessoas feridas foram atendidas no Pronto Socorro Central, em São Gonçalo. Elas receberam alta ainda na manhã de ontem. No Hospital Estadual Alberto Torres, dois homens deram entrada baleados. Um deles foi atendido e liberado durante a tarde, o outro permanece internado em estado grave.
Rede social – Diversos relatos de moradores do Salgueiro circularam nas redes sociais. Em um dos áudios, um morador falava que tinham corpos nas localidades da Marinha e na Estrada das Palmeiras, além dos corpos encontrados no baile funk.
Ainda na internet, alguns mortos foram identificados como traficantes atuantes no Complexo. Mensagens de ‘saudade do mano’ e ‘descanse em paz’ foram colocadas em diversas páginas.

Veja também