Profissionais da Educação de Cabo Frio fazem greve e protestos

Categoria cobra salários atrasados

Enviado Direto da Redação
Manifestantes fizeram caminhada pelas ruas do município e seguiram para frente da prefeitura, onde realizaram ato pela educação

Manifestantes fizeram caminhada pelas ruas do município e seguiram para frente da prefeitura, onde realizaram ato pela educação

Foto: Divulgação


Em greve, Profissionais da Educação de Cabo Frio realizaram um protesto entre as ruas da cidade até a porta da Prefeitura, na manhã de ontem (12).

 

A ação que aconteceu de forma pacífica e foi realizada após uma decisão tomada em assembléia, na noite de segunda-feira (11). A categoria cobra o pagamento dos salários em dia, além das duas parcelas atrasadas do 13º salário de 2015, as mudanças de nível e triênios e a diferença salarial dos contratados.

 

De acordo com o Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação, “a adesão à paralisação foi de 20% e das 87 unidades de ensino, 80% funcionam normalmente ou parcialmente e somente 20% ficaram sem aulas no turno da manhã".

 

Por meio de nota, a assessoria de comunicação da Prefeitura de Cabo Frio informou que "o pagamento dos servidores está sendo efetuado de acordo com a entrada de recursos nas contas da Administração Pública Municipal".  A Prefeitura informou ainda que "todos os recursos disponíveis estão sendo utilizados para pagamento dos servidores, da dívida deixada pela gestão anterior e para a manutenção dos serviços essenciais".



Veja também