Incentivo à agricultura em São Gonlaço

Prefeitura apoia pequenos agricultores adquirindo produtos para alimentação escolar

Enviado Direto da Redação

Neilton Mulim se reuniu, ontem, com representantes de pequenos agricultores do município

Foto: Divulgação

Dos 92 municípios do Estado do Rio, cerca de 60, entre eles São Gonçalo, executam a aquisição de produtos da agricultura familiar no programa de alimentação escolar. Visando contribuir para a geração de renda para estas famílias e com a alimentação escolar do município, representantes do assentamento da Fazenda Engenho Novo, em Monjolos, se reuniram com o prefeito Neilton Mulim para discutir a criação de uma unidade de processamento de ovos caipiras na comunidade.

A proposta da criação da unidade de manejo beneficiaria cerca de 200 famílias da região e entorno, como Itaitindiba, Santa Izabel e demais bairros, por meio da criação de empregos e incentivo ao aumento da produção.

Além disso, de acordo com a lei 11.947, de 16 de junho de 2009, 30% do valor direcionado à alimentação escolar deve ser destinada à aquisição de produtos agrícolas, por isso a criação da unidade serviria também para complementar a alimentação escolar no município.

Para o prefeito Neilton Mulim, o investimento pode trazer benefícios em diferentes áreas.

“Fortalecendo a agricultura estamos fortalecendo a economia na cidade, dando autonomia e independência financeira aos produtores e valorizando o trabalho agrícola”, afirmou.

O assentamento na Fazenda Engenho Novo possui extensão de 740 hectares e vem sendo assistido pelo governo municipal. Conforme relata o agricultor Marcos Antônio, um dos idealizadores do projeto, a iniciativa trará benefícios não só à comunidade local, mas para todo o município.

“Esse investimento vai dar ao trabalhador o sentimento de que é possível se estabelecer dentro da comunidade e de valorizar esse povo que tanto precisa e merece. Na unidade, teríamos uma médica veterinária além de uma equipe técnica que trabalharia com os produtores. Com essa padronização do serviço, também teremos a oportunidade de oferecer nossos produtos para a merenda escolar do município. Todos saem ganhando com esse investimento”, afirmou o agricultor.

 

Veja também