Michel Temer assina decreto que autoriza repressão aos caminhoneiros

É um acordo com as Forças Armadas para liberar as rodovias bloqueadas de todo o país

Enviado Direto da Redação
Michel Temer fez pronunciamento para anunciar intervenção do exército na greve dos caminhoneiros

Michel Temer fez pronunciamento para anunciar intervenção do exército na greve dos caminhoneiros

Foto: Divulgação

O presidente Michel Temer decretou, a pedido do comando do Exército, a Garantia da Lei e da Ordem (GLO), para que as Forças Armadas atue em todo o país para liberar rodoviais bloqueadas pela greve dos caminhoneiros. A validade da GLO é até 4 de junho.


O chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência, general Sérgio Etchegoyen, disse que o número de interdições de rodovias está caindo.


O governo também informou que não tratou do preço da gasolina - reivindicação de diversas categorias que protestam hoje em diversas localidades em apoio à greve dos caminhoneiros -, mas apenas do diesel, na negociação durante a greve dos caminhoneiros.


O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmman, afirmou que o decreto vai permitir a requisição de bens, prevista na Constituição, para que alimentos, combustíveis, medicamentos e insumos cheguem à população, em todo o país. Ele acrescentou que os militares têm o respaldo legal para assumir a direção dos caminhões dos grevistas, se assim necessário.


“O artigo 5, inciso 25 da Constituição Federal permite a requisição de bens, caso se faça necessário, em condições de pilotar veículo para que o desabastecimento seja contido e voltemos a ter distribuição regular”, afirmou Jungman.


O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, anunciou que houve redução considerável dos bloqueios de estradas em todo o país. Segundo os números apresentados pelo governo, informados pela PRF, das 938 obstruções e interdições de rodovias, 419 já foram liberadas até este momento. Há ainda 519 pontos de interdições, já parciais, segundo o governo. O ministro admitiu que a liberação ocorre com menos velocidade do que o esperado.

Veja mais notícias:

Caminhoneiros não cumprem acordo e resolvem manter paralisação

Niterói faz seminários gratuitos no Solar do Jambeiro

Claudia Leitte se apresenta no aniversário de Maricá

Veja também