Vereador reivindica verba federal para saúde de São Gonçalo

Segundo Lucas Muniz, município deve receber R$ 1 milhão de emendas de deputados federais

Enviado Direto da Redação
DDeputado Chico D’Ângelo foi um dos parlamentares a se comprometer com São Gonçalo

DDeputado Chico D’Ângelo foi um dos parlamentares a se comprometer com São Gonçalo

Foto: Divulgação

Por Elena Wesley


O vereador gonçalense Lucas Muniz (PMN) esteve em Brasília para se reunir com representantes da região na Câmara dos Deputados. O objetivo da visita era conseguir recursos a serem aplicados na área de saúde do município.

O parlamentar articulou um total de R$ 1 milhão em emendas que serão apresentadas por deputados federais. Chico D’Angelo (PT) disponibilizou R$ 100 mil, que serão investidos no Pronto Socorro Central de São Gonçalo. Altineu Côrtes (MDB) se comprometeu a repassar R$ 200 mil para a ampliação do Programa de Saúde da Família no Complexo da Coruja, no Vila Lage. O valor está inserido nos R$ 2 milhões em emendas orçamentárias já liberadas para a cidade.

Figura política com origem em Maricá, o deputado Marcelo Delaroli também já havia reservado recursos em emendas para São Gonçalo. Em conversas com Muniz, o legislador do PR acertou o valor de R$ 500 mil, também para o Pronto Socorro municipal. De acordo com o vereador, a verba constava no orçamento desse ano e, por isso, poderá ser usada em breve pela Prefeitura para a compra de insumos. Ex-secretário municipal da Pesca, o deputado Roberto Sales reservou R$ 100 mil para aquisição de dois respiradores de alta frequência para o atendimento infantil no complexo Luiz Palmier.

Integrante da bancada do partido Solidariedade, o deputado Áureo vai destinar R$ 100 mil para a ampliação da Unidade de Saúde Familiar da Brasilândia.

Segundo Lucas Muniz, São Gonçalo apresenta uma série de débitos pendentes junto à instância federal, o que dificulta o pedido de recursos. Somente as áreas de saúde e educação podem ser beneficiadas. “Infelizmente, o município se encontra nessa espécie de ‘SPC do Tesouro Nacional’, o Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias (Cauc). Isso impede o recebimento de emendas em outras áreas. Porém, temos uma grande demanda em relação a pastas que podem ter investimentos. É gratificante voltar de Brasília com esse incentivo, que irá melhorar a saúde dos gonçalenses. Ainda mais pra mim, com apenas 24 anos e vereador de primeiro mandato, ser atendido pelos deputados”, afirmou Muniz.

Veja também