Programa 'Niterói Mais Segura' aumentará o número de PMs nas ruas da cidade

Número de vagas do PROEIS também serão ampliadas

Enviado Direto da Redação
>> O convênio com o Governo do Estado garantirá a presença de mais 302 agentes de segurança

>> O convênio com o Governo do Estado garantirá a presença de mais 302 agentes de segurança

Foto: Divulgação


A Prefeitura de Niterói fechou nesta segunda-feira (30) convênio com o Governo do Estado para a implantação na cidade do programa Niterói Mais Segura, que segue o modelo implantado com sucesso em bairros como Lapa, Centro, Lagoa, Aterro e o Méier, todos no Rio de Janeiro e garantirá a presença de mais 302 agentes de segurança diariamente nas ruas da cidade.


O convênio foi assinado pelo prefeito Rodrigo Neves, pelo secretário estadual da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico, Christino Áureo, e pelo subsecretário estadual de Segurança Pública, Roberto Alzir. O comandante geral da PM, coronel Wolney Dias também participou da solenidade. Todo o programa será financiado pela prefeitura de Niterói


O prefeito Rodrigo Neves explicou que, além dos 302 agentes do Niterói Mais Segura, a prefeitura está ampliando o número de vagas diárias do Proeis de 150 para 230 PM trabalhando nas horas de folga na cidade.


“Com essas ações, praticamente dobraremos o efetivo da PM na cidade, além do reforço dos Guardas Municipais”, disse o prefeito.


A implantação do Niterói Mais Segura deve ocorrer na segunda quinzena de dezembro e vai permitir a presença de mais 302 policiais por dia atuando no Centro, Icaraí, Ingá e Fonseca, em dois turnos de 151 agentes cada.


O programa será custeado integralmente pela prefeitura, que investirá R$ 25 milhões por ano. O Niterói Mais Segura seguirá o modelo implantado em bairros como Centro, Lagoa e Méier, todos no Rio de Janeiro.


“Desde 2013, estamos colaborando com o Governo do Estado com muitos investimentos na área de segurança. O Niterói Mais Segura é mais um esforço que fazemos para melhorar a segurança na cidade, se somando a muitos outros, como a construção do Centro Integrado de Segurança Pública”, disse o prefeito Rodrigo Neves.

Veja também