Manutenção nas rodovias RJ-104 e RJ-106 poderão ser intensificadas

Promessa é do DER-RJ

Enviado Direto da Redação
Departamento de Estradas vai intensificar ações de manutenção nas rodovias RJ-104, RJ-2016 e outras

Departamento de Estradas vai intensificar ações de manutenção nas rodovias RJ-104, RJ-2016 e outras

Foto: Sandro Nascimento


Atendendo a um pedido do deputado federal Marcelo Delaroli (PR-RJ), o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Rio de Janeiro (DER-RJ) vai intensificar as ações de manutenção nas rodovias RJ-104, RJ-106 e demais estradas de ligação à Região dos Lagos. A Ponte de Ponta Negra, em Maricá, também receberá reforma. A garantia é do presidente do órgão, Ângelo Monteiro Pinto, que recebeu o parlamentar na última segunda-feira (09/10).


Usuário frequente das estradas, Marcelo Delaroli também ouve com frequência reclamações sobre o mau estado de conservação das rodovias, por isso formalizou junto à presidência do DER o pedido para que sejam frequentes as operações tapa-buracos e de limpeza, necessárias para a segurança de motoristas e pedestres que circulam nas rodovias.


A Rodovia Amaral Peixoto (RJ-104 e RJ-106) corta vários municípios como Niterói, Maricá, São Gonçalo e Itaboraí, sendo importante ligação às cidades da Região dos Lagos. No entanto, vários trechos sofrem com a falta de conservação.


“A quantidade de buracos e de sujeira é muito grande, coloca em risco a segurança das pessoas. Acidentes, muitos deles fatais, infelizmente, são causados pela má conservação das RJ-104 e 106. O presidente do DER reconheceu que precisa melhorar a manutenção, adiantando que terá tapa-buracos ainda antes do próximo feriado”, afirma Marcelo Delaroli.


Ponte de Ponta Negra


O deputado também reiterou a urgência de reforma na ponte de Ponta Negra, importante meio de locomoção para os moradores de Maricá. Com a liberação de mais recursos para o DER, segundo o presidente a obra finalmente vai sair do papel. Marcelo Delaroli apresentou sugestões ao projeto da ponte, para que a nova via de acesso beneficie não apenas veículos, mas também os pedestres como inúmeros pescadores da região.

Veja também