PF prende ex-governador Anthony Garotinho

Ele cumprirá prisão domiciliar em Campos

Enviado Direto da Redação
A Operação Chequinho investiga fraudes nas últimas eleições de Campos

A Operação Chequinho investiga fraudes nas últimas eleições de Campos

Foto: Leonardo Prado/Câmara dos Deputados


O ex-governador do Rio Anthony Garotinho foi preso na manhã de hoje pela Polícia Federal por conta da operação Chequinho, que investiga supostas fraudes nas últimas eleições em Campos dos Goytacazes, com uso do programa assistencial "Cheque Cidadão". 


Garotinho apresentava seu programa diário em uma rádio carioca, nesta quarta-feira, quando três agentes da PF estiveram no local.  De lá, o ex-governador seguirá para Campos, onde será cumprida a prisão domiciliar. 


Em novembro do ano passado, Garotinho chegou a ser preso preventivamente junto com vereadores do município, mas conseguiu habeas corpus do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).



Veja também