Vereador propõe que hospitais não cobrem estacionamento por 4 horas

Enviado Direto da Redação
O projeto de lei é de autoria do vereador Maciel, do PMN

O projeto de lei é de autoria do vereador Maciel, do PMN

Foto: Divulgação

A Câmara Municipal de São Gonçalo aprovou, por unanimidade, o projeto de lei de autoria do vereador Maciel (PMN), que estabelece a gratuidade em estacionamento em hospitais e clínicas no município. A iniciativa prevê o limite 240 minutos (quatro horas) de tempo necessário para desembarque, acomodação e atendimento do paciente. Após esse período, seria permitida a cobrança do tempo excedido.

Pelo texto, o uso dos estacionamentos será para embarque, acomodação e visitação de pacientes, acompanhantes e socorro de pacientes em casos de urgência e emergência. O beneficio será concedido mediantes apresentação do comprovante consular, exames ou visitas de pacientes internados e não serão cobrados valores sobre os veículos de pacientes.

A partir das quatro horas, passará a vigorar a tabela de preços praticados normalmente pelo estabelecimento.“Esse tipo de cobrança prejudica o cidadão, já que, na maioria das vezes, em situação de emergência, sem condições de buscar alternativas impostas aos usuários”, disse o parlamentar.

Maciel afirma que a falta de estacionamentos públicos fizeram crescer a oferta de estacionamentos privados, que costumam cobrar tarifas elevadas dos usuários.

“Esse é um tema de grande importância. Quando um vizinho ou parente está passando mal e, na vontade de ajudar, você o leva ao hospital para uma urgência, a última coisa que você se lembra é se tem ou não o dinheiro para pagar estacionamento”, comentou Maciel, que é membro da Comissão de Segurança Pública da Casa Legislativa.

Veja também