Deputado apresenta projeto para inibir jogos que estimulam suicídio

Enviado Direto da Redação
 Segundo Áureo, os jogos podem induzir as pessoas ao suicídio

Segundo Áureo, os jogos podem induzir as pessoas ao suicídio

Foto: Divulgação

Em tempos onde o suicídio entrou em pauta nas mídias sociais, o líder do Solidariedade na Câmara dos Deputados, Áureo (RJ), apresentou projeto de lei 7430/2017 para inibir a iniciativa.

A “brincadeira”, que já causou mortes de crianças e adolescentes em todo o mundo e tem três casos sendo investigados no Brasil pode ter aumento de pena quem induzir outro ao suicídio por meios digitais e torna crime o incentivo, pela internet, à automutilação ou exposição ao perigo. As mudanças seriam feitas nos artigos 122 e 132 do Código Penal (Decreto Lei 2.848/1940).

“A Câmara não pode permitir que criminosos travestidos de jogadores ameacem e influenciem o futuro dos nossos jovens. Devemos ficar atentos a esses casos que ameaçam a vida dos nossos filhos”, disse o parlamentar.

No Baleia Azul, um jogo muito visto pela Internet, os organizadores determinam aos participantes progressivamente uma sequência de 50 desafios, como tirar fotos assistindo a filmes de terror na madrugada, cortar os lábios, furar a palma da mão e desenhar uma baleia em seu antebraço com uma lâmina. A última etapa é cometer suicídio. No Brasil, a Polícia Civil já investiga a ligação com o jogo na morte de dois adolescentes em Mato Grosso e na Paraíba e em uma tentativa de suicídio no Rio de Janeiro.

O deputado lembra que a internet tem sido utilizada para difundir diversos outros jogos de final triste e perigoso.

Veja também