Preso por maus-tratos após a morte do filho

Enviado Direto da Redação
Igor foi preso em flagrante

Igor foi preso em flagrante

Foto: Divulgação

Acusado de maus-tratos, o pai de uma criança de apenas dois anos - que morreu por broncoaspiração (aspiração de conteúdo gástrico) em Maricá, na última quarta-feira - foi preso por agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG). Segundo as investigações, as condições de vida na residência da família eram consideradas subumanas.

De acordo com a polícia, o Corpo de Bombeiros foi acionado para a Rua 172, em Itaipuaçu, em Maricá, onde havia uma criança passando mal. Chegando ao endereço, os militares constataram que o menino já estava morto.

Peritos da delegacia especializada descobriram que a causa da morte foi broncoaspiração no momento em que a criança tomava sua mamadeira. Na residência, onde moravam a vítima, o irmão e o pai, identificado como Igor Ramos de Farias, os agentes encontraram fezes pelo chão, lixo espalhado e até comida estragada.

A criança, que sofria de tuberculose, havia perdido a mãe em fevereiro. De acordo com a DH, ela foi assassinada. O irmão do menino, também menor de idade, foi encaminhado para a casa de um familiar. O acusado foi autuado por maus-tratos.

Veja também