Cão foge de casa com medo de fogos na noite de Natal em São Gonçalo

Ele escavou o muro do imóvel e desapareceu

Enviado Direto da Redação
>> Junior (à esquerda) fugiu de casa na noite do último dia 25

>> Junior (à esquerda) fugiu de casa na noite do último dia 25

Foto: Divulgação


Festa para uns, medo para outros. Típico nos festejos de fim de ano, os fogos de artifícios são temidos pelos cães. Com uma audição muito apurada, esses animais costumam se esconder na tentativa de se livrar do som. E foi justamente esse temor que fez com que Junior, da raça Boxer, fugisse de casa na noite de Natal. O cão, que estava sozinho no quintal da residência, no Jardim Bom Retiro, acabou escavando a base do muro do imóvel e desapareceu.


O professor de língua estrangeira, Éric Bruno de Lima, 29 anos, contou que Junior, de dez anos, sempre teve muito medo do barulho de fogos e trovões. Eric também conta que, sempre que estava em casa, costumava colocar o animal na sala, para que ele se tranquilizasse, mas no Natal, ele acabou deixando Junior e a outra cadela da mesma raça soltos no quintal e, para sua surpresa, quando retornou da casa de parentes, não encontrou o cão.


“Tudo aconteceu por volta da meia noite. Eu não estava em casa e um vizinho contou que por conta dos fogos ele ficou muito agitado, cavou por baixo do muro, passou e saiu pela rua. O vizinho tentou pegá-lo, mas ele não respondia aos chamados. Eu tenho outro cão da mesma raça, uma fêmea que está super sentida pela falta dele. Eles eram muito unidos e criados soltos no quintal”, disse Bruno.


Com a idade avançada, Junior apresenta algumas características fáceis de reconhecer, como parte da pelagem embranquecida.


“Ele é da cor marrom e peito branco, tem rabinho cortado e está com os pelos, patas e focinho brancos por conta da idade”, relatou.


Quem tiver alguma informação que ajude a encontrá-lo pode entrar em contato pelo telefone 982807023.







Veja também