Cãozinho fugitivo voltou para a namorada depois de três dias em São Gonçalo

OSG publicou o sumiço de Barão

Enviado Direto da Redação

Foto: LEONARDO F


Se o amor tudo vence e nunca falha, Barão e Belinha são a prova disso. O cãozinho sem raça definida (SRD) voltou para casa após permanecer três dias longe de sua amada. A fuga de Barão, que não tinha o hábito de sair de casa, aconteceu no último dia 21.


Após se aproveitar do portão aberto, ele fugiu em companhia da cadela Belinha, “sua namorada”. Ela, que é considerada fujona, voltou para casa, mas Barão se perdeu no retorno deixando a família desesperada.


Na última quinta-feira, o jornal O SÃO GONÇALO publicou a história de Barão e a campanha que a família vinha fazendo em busca de informações e, no mesmo dia da publicação, a família recebeu uma ligação sobre o paradeiro dele. Barão estava no Paraíso, bairro em que reside com a família, mas havia caído em uma área considerada de difícil acesso.


A professora Marlene Pinheiro de Moraes, de 47 anos, disse que precisou resgatar o animal fazendo uso de equipamentos de segurança. “Viram a publicação e ligaram para cá. Na mesma hora, fomos buscá-lo. As características eram muito parecidas e isso encheu nosso coração de alegria. Ele estava em uma espécie de vale cheio de cacos de vidro e lixo, mesmo assim, eu fui atrás. Com a ajuda de alguns moradores do local, consegui corda e botas. Quando o resgatei, a emoção tomou conta de nós dois”, relembrou.


Marlene contou, ainda, que Belinha também voltou a se alimentar. “Ela estava triste e chorosa, mas agora já está normal e levada como sempre. Graças a Deus, final feliz”, ressaltou. (Marcela Freitas)




Veja também