Cão foge de casa com a namorada e desespera família em São Gonçalo

Barão não tinha o hábito de sair sozinho

Enviado Direto da Redação
>> Há sete anos na família, Barão fugiu com a namorada e não voltou

>> Há sete anos na família, Barão fugiu com a namorada e não voltou

Foto: ALEX RAMOS



Procura-se por Barão, um cãozinho sem raça definida (SRD) - que nasceu do cruzamento de um pitbull com um SRD. Há sete anos na família Moraes, Barão fugiu de casa na última terça-feira, sem conhecimento de sua família. Desde então, os donos do cãozinho fazem buscas pelo bairro do Paraíso, em São Gonçalo, onde moram.


Uma campanha também foi criada nas redes sociais para que alguém dê pistas de sua localização. De acordo com a professora Marlene Pinheiro de Moraes, 47 anos, Barão não tem o hábito de sair de casa, mas na tarde de terça-feira ele aproveitou que o portão foi aberto por sua sogra e fugiu em companhia da cadela Belinha “sua namorada”.


Os dois seguiram a jovem até a rua principal do bairro e depois desapareceram. Acontece que Belinha, de três anos, voltou para casa, mas Barão acabou se perdendo.


“Belinha é fujona, mas sempre retorna. O Barão não é assim. Ele é um cão muito obediente e nunca foi para longe”, explicou. Marlene contou que a família fez várias buscas pelo bairro e adjacências, mas não conseguiram qualquer informação sobre o animal.


“Estou muito triste e sem dormir. O Barão chegou para nossa família com um mês. Era o ‘xodó’ de nossa casa. Me preocupo se ele está se alimentando ou se foi resgatado. Ele é dócil conosco, mas um pouco arisco com quem não conhece. Estou muito aflita e peço que quem tiver qualquer informação nos ajude. Seremos eternamente gratos”, lamentou.


Qualquer informação, pode ser repassada para os telefones 98722-5437, 99749-9452 ou 98541-2446.





Veja também