Igrejas de São Gonçalo organizam celebração à Nossa Senhora Aparecida

As homenagens serão nas paróquias do Patronato e Galo Branco

Enviado Direto da Redação
 Igrejas no Patronato e Galo Branco terão programação intensa

Igrejas no Patronato e Galo Branco terão programação intensa

Foto: Julio Diniz

Por: Daniela Scaffo

O dia de Nossa Senhora Aparecida, santa padroeira do Brasil, será comemorado, nesta sexta-feira (12), com programações em duas paróquias de São Gonçalo, que ficam nos bairros do Patronato e Galo Branco. Além das missas em homenagem à santa, também haverá procissões, almoços e shows em ambas as igrejas.

A comemoração no Patronato, na Rua Doutor Francisco Portela, começa às 7h nesta sexta, com a celebração da primeira missa. As demais acontecem às 8h30, 10h, 12h, 14h, 16h e a última, às 19h, que será realizada pelo arcebispo de Niterói, Dom José Francisco.

Além das missas, entre 12h e 14h, será servido um almoço, cujo cardápio será chuleta e frango na brasa. Já às 17h será realizada a esperada procissão, seguida de shows de bandas católicas e quermesse depois da última missa.

Além da grande comemoração no dia da padroeira, acontecerá uma procissão motorizada com carros antigos e motoclubes, a partir das 15h, no sábado (13). Depois, haverá missa às 17h, seguida por quermesse e shows de bandas católicas. No domingo (14), as missas serão às 10h e 17h, e almoço com angu e frango, entre 12h e 14h.

No Galo Branco, haverá alvorada festiva, às 6h

Já no Galo Branco, às 6h desta sexta-feira, acontece a alvorada festiva com fogos, seguida de um café da manhã comunitário às 6h30. A primeira missa será às 7h30. Às 9h30, a celebração será presidida por Dom Alano Paria Pena. No horário de 11h acontece outro ato litúrgico.

Um almoço será servido às 12h, seguido de procissão e missa solene presidida pelo bispo auxiliar de Niterói, Dom Luiz Antônio Lopes Ricci. A paróquia fica na Travessa Nossa Senhora Aparecida, s/nº.

“Hoje (quinta), encerramos nossa novena e teremos uma encenação teatral às 19h com os jovens de nossa igreja. Nesse momento de eleição, as pessoas estão pedindo muito pelo Brasil, então isso vai intensificar a participação na procissão”, informou o padre Giovane Silva de Santana da paróquia do Patronato.

Veja também