Fotojornalista deixa redações para formar novos profissionais em São Gonçalo

Escola de fotografia fica no Porto Novo

Enviado Direto da Redação
O fotógrafo Luis Alvarenga mostra preocupação com a preservação do patrimônio fotográfico da cidade

O fotógrafo Luis Alvarenga mostra preocupação com a preservação do patrimônio fotográfico da cidade

Foto: Kiko Charret

Por Rennan Rebello


"Tudo que tenho devo a fotografia. Aprendi a comer bem, a me portar e falar melhor. A minha máquina fotográfica foi meu passaporte para conhecer o mundo”. A definição é do fotógrafo Luis Alvarenga, de 44 anos, que conta com uma trajetória de 26 anos como repórter fotográfico com passagens em grandes veículos de comunicação em coberturas internacionais e nacionais. Após todo esse tempo, ele resolveu se ‘aposentar’ das redações para por em prática sua outra paixão: ensinar a arte da fotografia em sua escola Movimento InFoco.



“A necessidade de ‘virar a chave’, de deixar a redação para lecionar, surgiu da necessidade de poder fazer a diferença. Meu método de ensino é o ato de pensar a fotografia e mostrar que é muito mais que jornalismo, festa e moda. Procuro passar minha experiência e dialogar com os alunos. Desde 2015, a gente já formou mais de 100”, revela.


Além dos cursos regulares na unidade, Alvarenga promove palestras gratuitas ao público tendo sempre um palestrante com destaque no mercado. “O ‘Palestrando na InFoco’ tem objetivo de qualificar os alunos e mostrar a experiência dos profissionais convidados. Por aqui, já passaram nomes como o fotógrafo Alex Cortes, um profissional versátil, que trabalha em várias frentes fotografando casamentos e desfiles de moda; Alex Ferro que fez um belo trabalho nas Olimpíadas do Rio em 2016 e Pedro Serra, um ‘videomaker’ (produtor de vídeos) que já fez documentários e um vídeo para a Copa do Mundo na Rússia. Neste mês, as palestras ainda acontecerão às quartas, às 19h30, mas a partir de março passarão a ser quinzenais, no mesmo horário”, informa Alvarenga.


Apesar de ter nascido no Rio, Alvarenga mora em São Gonçalo desde os 11 anos. “De carioca da gema, virei ‘carioca da casca’”, se define. Em 1998 ele fundou a Sociedade Gonçalense de Fotografia (SGF), com sede no Mutuá, que foi responsável por produzir um extenso acervo sobre a cultura de ‘Folia de Reis’ na cidade.


“Sempre me engajei com a cultura local. Antes de ter a escola criei o ‘Movimento InFoco’ que mesclava projeções fotográficas com literatura, poesia e música. Atualmente há uma exposição com trabalhos de diversos profissionais relacionada ao carnaval, no São Gonçalo Shopping, onde sou curador. A minha intenção sempre foi movimentar e cuidar da cena fotográfica do município”, diz.


A Movimento InFoco fica na Travessa Edmundo Machado, 2.106, no Porto Novo, tel: 3981-1218.

Veja também