Carnês do IPTU serão entregues até terça-feira em São Gonçalo

Não houve reajuste no valor do imposto deste ano

Enviado Direto da Redação
Contribuintes que pagarem a taxa única terão 5% de desconto no imposto de 2018

Contribuintes que pagarem a taxa única terão 5% de desconto no imposto de 2018

Foto: Débora Vieira


Todos os anos é a mesma coisa, após desfrutar das festividades de Natal e Réveillon, é preciso enfrentar as contas de início de ano, que não são poucas. Até a próxima terça-feira (9), a Prefeitura de São Gonçalo, promete entregar aos 319.932 contribuintes, os carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).


Este ano, a taxa de lixo será cobrada de maneira diferenciada. Quem mais produz resíduos, como lojistas, prestadores de serviços e empresas, arcará com uma taxa maior do que a da cobrança residencial. Esse valor poderá causar uma diferença em relação ao IPTU do ano anterior, mas, segundo a Secretaria de Fazenda, não houve reajuste no imposto que ficou 3% abaixo da inflação.


Além do IPTU, os contribuintes gonçalenses receberão as cobranças de outras taxas municipais, como o Imposto sobre Serviços (ISS) e as taxas de Fiscalização e Controle. O secretário de Fazenda, Eduardo Combat, explicou que o gonçalense que escolher pagar o IPTU em cota única terá um desconto de 5% no valor total.


“O valor em taxa única é uma opção para o contribuinte economizar e se livrar de ir todos os meses ao banco. Mas as duas formas de pagamento estão corretas. Que quiser parcelar os 12 meses, também pode. O importante é que se pague a taxa que é o que impulsiona as obras municipais. Infelizmente, hoje ainda temos uma taxa de inadimplência no município de 50%. É preciso que o contribuinte entenda a importância desse imposto para as melhorias de sua cidade”, explicou Combat. O Prefeito José Luiz Nanci, também falou sobra a importância para a cidade da quitação desse débito.


“A alta inadimplência dificulta os investimentos necessários no município. Entendo que a população está cansada de esperar pelas melhorias, mas se a Prefeitura não arrecadar, não consegue realizar os investimentos em benefício da população”, avalia José Luiz Nanci.


Ufisg - Diferente do publicado no expediente de O SÃO GONÇALO entre 31 de dezembro e 2 de janeiro, o valor da Ufisg (Unidade Fiscal de São Gonçalo) em 2018 passou de R$ 33,52 para R$ 34,42 a partir de 1º de janeiro, ou seja, um aumento de R$0,90 e não R$ 0,80 como informado anteriormente.


Veja também